Aeroporto de Uberaba terá primeira edição de “Arte no Saguão” 

No próximo sábado (29), às 18h, o saguão do Aeroporto de Uberaba receberá o escritor uberabense Renato Muniz, os músicos Lucas Pedroso e Luis Otávio, e o Sebo da Josi, para a primeira edição do projeto “Arte no Saguão”. Na ocasião, após a apresentação musical, o público poderá participar do lançamento do livro “Quando a saudade é o tempero” e de uma deliciosa conversa sobre os caminhos que levam à escrita. A ação é fruto de uma parceria entre a INFRAERO e Fundação Cultural de Uberaba e visa a transformar o espaço do aeroporto em um ambiente propício para manifestações culturais gratuitas.

“Quando a saudade é o tempero” é um livro de histórias curtas unidas por uma mesma temática. Neste livro estão reunidas crônicas que abordam, na forma de memórias de infância, os sabores da roça, a culinária do interior, as cores, o clima e alguns hábitos presentes nas fazendas dos chapadões, dos vastos campos e furnas do Triângulo Mineiro.

Não é um livro de receitas, no sentido convencional, mas algumas delas aparecem como se fossem personagens, junto a meninos que nadavam em rios e em cachoeiras. Neste livro, estão histórias de meninos que tiveram a oportunidade de passar as tardes em deliciosos pomares, que se esbaldavam nas férias no meio rural. São recordações de quem passou noites à luz de velas e de lampiões nas casas antigas de velhas fazendas mineiras, aquelas que tinham porões misteriosos, varandas amplas e muitos causos que se contavam nas tardes de chuva e nas noites escuras.

As crônicas também falam de outros personagens, como vaqueiros atentos à natureza, cozinheiras de mão cheia, tias doceiras, quituteiras de um tempo que não volta mais, cavalos mansos e cúmplices da meninada, e passarinhos que alegravam as manhãs frias e as tardes poeirentas do Cerrado.

Foto: Reprodução

 

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.

Obrigado, Caros Leitores!

Nós da família do Luiz Renato Rodrigues da Cunha vimos através deste canal “Em Todas” agradecer a todos que procuravam diariamente se informar e compartilhar as matérias divulgadas pelo nosso saudoso colunista.

Agradecemos também o carinho demonstrado sempre ao nosso blogueiro imortal.

Foram anos de fidelidade, respeito e interatividade!

Sabemos que ele exerceu com brilhantismo sua capacidade de informar com transparência e imparcialidade, transmitindo alegria e entretenimento a seus leitores.

Chegou a hora de dar um até breve e jamais um adeus, pois acreditamos que um dia estaremos novamente com nosso ente querido.