« Postagens Antigas
Escolha uma Página

Marcada por emoção e valorização da história do município, solenidade oficial da Prefeitura de Uberaba nomeou oficialmente o Arquivo Público de Uberaba com o nome do historiador e escritor Hildebrando Pontes. O prefeito Paulo Piau, acompanhado da primeira-dama Heloísa Piau, do secretário de Administração, Rodrigo Vieira, e da superintendente do Arquivo Público, Marta Zednik, receberam Hildebrando Pontes Neto e Alessandra Pontes Roscoe, neto e bisneta do homenageado. A solenidade também contou com vereadores, familiares e membros da Academia de Letras do Triângulo Mineiro.

O prefeito Paulo Piau externou a importância de valorizar a rica história de Uberaba, e que o legado de Hildebrando Pontes traz a tona o passado e a construção do município. “Ele deixou um grande legado e só temos a agradecer por este privilégio de poder homenageá-lo. O que temos de mais valioso é nossa história, e Uberaba é tão rica neste aspecto, que nossa história se transforma nos pilares do Geopark, ao qual estamos candidatos para o reconhecimento da Unesco. Este é um momento que valorizamos nosso passado e a construção do que somos hoje”.

Rodrigo Vieira, secretário de Administração, destacou o importante trabalho realizado pelo Arquivo Público em agradecimento aos servidores do local pela dedicação. “O Arquivo ganha ainda mais importância e responsabilidade com o nome de Hildebrando Pontes, e salientamos o quanto todos são bem vindos nesta casa”, pontuou o secretário.

Hildebrando Neto destacou a grande emoção de, além do Arquivo Público, ter conhecido a escola e a rua que também carregam o nome do avô. “É realmente uma homenagem completa, de uma maneira absolutamente distinta e clara para todos nós familiares, que temos em nosso avô uma figura que esteve a frente de seu tempo. Ele significa muito para nós e para a cidade de Uberaba, que rigorosamente lhe presta uma gratidão justa”.

A bisneta Alessandra Pontes Roscoe, também emocionada, agradeceu a homenagem citando que “todos nós somos retalhos de uma história”. Ela, que é jornalista e escritora, manifestou a gratidão em poder folhear exemplares originais com a caligrafia do bisavô. “É muito importante termos esses registros e nos reconectar com nossa história. Estar dentro do Arquivo Público vendo que as pessoas estão preocupadas em guardar esses documentos e histórias é muito emocionante.

Valorização – Representando a Academia de Letras, João Eurípedes Sabino e Guido Bilharinho também prestaram suas homenagens, ressaltando o valor da iniciativa ao nome de Hildebrando Pontes, ideia que surgiu após Hildebrando Neto lançar um livro em Uberaba com o apoio da Academia. Ambos destacaram a importância da valorização da história do município, bem como o apoio da Prefeitura de Uberaba para com a Academia de Letras, e se emocionaram ao falar do legado do historiador.

Marta Zednik, superintendente do Arquivo Público, destacou que a entidade tem trabalhado e conquistado grandes acervos na gestão de Paulo Piau, e tudo é recuperado e mantido com o cuidado necessário para a devida preservação. Entre os acervos no patrimônio está o Lavoura e Comércio e o Gazeta de Uberaba, entre outros.

Fotos: Marco Aurélio Cury

 

You have Successfully Subscribed!

Share This