Avaliação da Secretaria de Meio Ambiente aponta riscos em árvores da Praça Rui Barbosa em Uberaba

O secretário de Meio Ambiente, Carlos Messias, o biólogo Paulo César Franco e o superintendente de Planejamento Urbano da Secretaria de Planejamento e Gestão Urbana, Daniel Rodrigues, fizeram nesta quinta-feira (16) mais uma vistoria na praça Rui Barbosa para avaliação técnica que apontou a situação precária de diversas árvores do local.

Segundo Paulo César Franco, durante as vistorias foi possível identificar vários espécimes comprometidos por condições fitossanitárias, como cupins, fitoparasitismo e necroses, além de inclinações que comprometem a estabilidade. “O relatório esclarece que muitas árvores foram plantadas sem o devido espaçamento. Locais incompatíveis também podem acarretar conflitos e um grande risco de acidente”, explica o biólogo. Por isso, com as avaliações, a recomendação é realizar o replantio das mesmas.

Na visita ao local, pôde-se observar a biomecânica comprometida de árvores específicas, ou seja, o crescimento com grande inclinação que compromete a sustentação da árvore. “Diante do que nós percebemos, nesta época de chuva o risco de uma queda aumenta, já que a espécie não está bem consolidada no seu crescimento”, esclareceu o biólogo.

Já na avaliação de árvores que precisam de supressão em caráter de urgência, a orientação é pela substituição por espécies compatíveis. Uma delas, avaliada durante a visita técnica, está próxima à Fundação Municipal de Esporte e Lazer. “Esta árvore está tomada por uma grande quantidade de cupins em sua base e já sofreu podas para livrar a via, aonde não houve ‘cicatrização’. Ela começou então a apodrecer e necrosar. Além disso, por estar em uma calçada, ela não conseguiu projetar suas raízes. Com a vibração dos veículos e com esta condição de saúde prejudicada, aumenta-se nossa atenção para evitarmos um acidente iminente”, pontuou Paulo César.

No relatório da Secretaria do Meio Ambiente, outro apontamento é que a gola de várias árvores necessita de reparos, além da necessidade de serem adequadamente preenchidas com terra e cobertura vegetal com espécie de sombra. Também foram recomendadas podas de limpeza, elevação e redução de copas, além do controle de espécies parasitas.

O secretário do Meio Ambiente, Carlos Messias, explica que a demanda será repassada à Secretaria de Serviços Urbanos, portanto ainda não há data para que as recomendações sejam executadas. “Temos aqui a circulação de muitas pessoas e carros, por isso não é uma demanda simples e a Prefeitura tomará todos os cuidados necessários. E é importante esclarecer que, junto ao projeto de revitalização da praça, as espécies adequadas serão plantadas e também haverá compensação de plantio em outros locais da cidade”.

O biólogo Paulo César Franco destacou, ainda, que apesar do relatório técnico indicar supressões para evitar os acidentes, a população não precisa se assustar. “Na Secretaria de Meio Ambiente temos feito essas avaliações rotineiramente, e nas condições de risco também acontece o trabalho de compensação e replantios de árvores. Caso as pessoas identifiquem casos de risco, podem entrar em contato com a Prefeitura que iremos ao local”.

Ele destaca também, que em Uberaba está acontecendo o que se chama de colapso das árvores. Ou seja, são árvores muito antigas e que agora estão chegando ao fim do seu ciclo. “Isso iria acontecer em algum momento. Estas árvores estão com mais de 50, 60 anos. Temos monitorados vários casos e em algumas teremos que agir com mais rapidez, devido ao risco para pedestres e veículos que estão em trânsito nas vias”, disse.

 

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.

Obrigado, Caros Leitores!

Nós da família do Luiz Renato Rodrigues da Cunha vimos através deste canal “Em Todas” agradecer a todos que procuravam diariamente se informar e compartilhar as matérias divulgadas pelo nosso saudoso colunista.

Agradecemos também o carinho demonstrado sempre ao nosso blogueiro imortal.

Foram anos de fidelidade, respeito e interatividade!

Sabemos que ele exerceu com brilhantismo sua capacidade de informar com transparência e imparcialidade, transmitindo alegria e entretenimento a seus leitores.

Chegou a hora de dar um até breve e jamais um adeus, pois acreditamos que um dia estaremos novamente com nosso ente querido.