« Postagens Antigas
Escolha uma Página

O candidato Renato Soares de Freitas (PSD), que foi baleado na noite de sexta-feira, foi eleito neste domingo (2) prefeito de Campo Florido, no Triângulo Mineiro. O município é um dos sete que tiveram eleições suplementares no fim de semana. As novas eleições ocorreram, pois, o candidato vencedor em 2016, Ronaldo Castro Bernardes, teve o registro indeferido pelo TSE por ter tido contas públicas rejeitadas.

O prefeito eleito teve 2.671 votos, ou 56,39% dos votos válidos, a segunda colocada, Vanessa Melo (PSDB), teve 1.937 votos (40,89%), o terceiro colocado Rufino Francisco Vieira (Rede) teve apenas 129 votos. Dos 5.794 eleitores aptos, 4.821 compareceram às urnas. O número corresponde a 83,21% do eleitorado. Votos brancos e nulos foram 84.

Renatinho, que é cadeirante, está internado após levar três tiros na sexta-feira (30), quando fazia uma visita de campanha, na rua Inconfidentes, no bairro Vila Junqueira. Segundo a PM, um homem se aproximou, disparou contra o candidato e fugiu. O autor do disparo, não foi encontrado.

A polícia suspeita que o caso tenha relação com disputa eleitoral. O delegado chefe do 5º Departamento de Polícia Civil, Heli Andrade, informou que equipes da Polícia Civil estão na cidade para investigações. Segundo o delegado, ele teve acesso a alguns áudios de ameaças ao Renato. De início, a linha de investigação é que o crime ocorreu em decorrência das eleições, o candidato não tinha inimigo em Campo Florido.

A PM informou que o candidato teve duas perfurações no ombro, uma no tórax e outra no pescoço. Duas cápsulas de munição calibre 380 e um projetil deflagrado do mesmo calibre foram encontradas.

Desde a noite de sexta-feira, políticos da região, familiares e amigos de Renatinho, estiveram no Hospital São Domingos em Uberaba, segundo boletim médico, após cirurgias, o estado de saúde é estável, ele passa bem e deverá ter alta na quarta-feira.

 

 

 

 

 

 

 

You have Successfully Subscribed!

Share This