Casa na Árvore: projeto com patrocínio internacional é inaugurado em escola municipal de Uberaba

Foi inaugurada oficialmente nesta sexta-feira (27), a Casa na Árvore, na Escola Municipal São Judas Tadeu. Para o prefeito Paulo Piau, o projeto é mais um exemplo de parceria, desta vez, entre a escola e os professores da Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Pedro Caldeira, psicólogo e Ana Paula Dossler, bióloga, pais da aluna Alice. Eles participam desde o início do ano de projetos relacionados à ciência e tecnologia na escola, com total respaldo da diretora Silvana Vieira e da vice-diretora Fabiana Mendonça. “Fico feliz em ver a integração e união dos pais com a escola. É disso que precisamos. Os pais precisam das escolas, mas as escolas precisam dos pais presentes, ativos. Dessa união o resultado só pode ser positivo”, disse o prefeito.

Fabiana conta que a Escola São Judas Tadeu trabalha a Pedagogia de Projetos, uma abertura para diversos projetos com a participação dos pais e da comunidade do entorno da escola, visando o enriquecimento das atividades e da relação da população com um equipamento social tão importante como a escola. “Eles estão desde o início do ano trabalhando a ciência e nos dando suporte em diversos projetos. A ideia da Casinha da Árvore foi de ter um local totalmente voltado para a integração da escola com os pais. O Pedro abraçou esse projeto e enviou a proposta para a Fundação Bernard van Leer Foundation, da Holanda, que aceitou a proposta de patrocinar a casinha”, explica.

Ana Paula conta que o projeto do professor Pedro, aprovado pela Fundação, entra dentro do Urban 95 (trabalho de estratégias para arquitetos, engenheiros e governantes, para incorporar o foco de desenvolvimento das cidades planejando para pequenas crianças). No site da Fundação a descrição do projeto diz: “nosso objetivo é dar apoio a mais saúde, segurança e um espaço mais atraente para as crianças, para aqueles que se preocupam com elas e para todos”.

A reitora da UFTM Ana Lúcia Simões disse ter recebido um grande presente, que traz uma questão conceitual de cidade educadora, unindo a universidade à secretaria de educação.  “Esse projeto colabora para que o conhecimento seja colocado a favor da sociedade e do bem social”, acrescenta.

O projeto do professor leva o nome “Meu quintal é maior que o mundo” e deverá se estender a mais três praças de Uberaba, principalmente em bairros novos da cidade. A articulação está sendo feita com a Secretaria Municipal de Educação. “A Casinha na Árvore apareceu neste contexto porque temos uma parceria em potencial com a escola e conseguimos o fomento para ser utilizado na escola, já que era um desejo da direção de ter um espaço como esse”, cita Ana Paula.

A vice-diretora Fabiana conta que a estratégia para a Casinha na Árvore é trabalhar o resgate da infância com os pais dos alunos, principalmente. Todos os dias, um pai vai subir na casinha e contar como foi a sua infância. “Queremos estimular a tomada de consciência, relembrando como foi a infância deles e fazê-los pensar se estão praticando o mesmo com os filhos”, relata.

A Casinha na Árvore servirá de encontros diários, com degustação da cozinha experimental, momentos de leitura, dentre outros. Futuramente, outras escolas de educação infantil municipal poderão visitar a Casinha da Árvore. A casa foi construída totalmente em base de madeira e telhas. Cabem dentro da casa cerca de 25 pequenas crianças e dois adultos.

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.

Obrigado, Caros Leitores!

Nós da família do Luiz Renato Rodrigues da Cunha vimos através deste canal “Em Todas” agradecer a todos que procuravam diariamente se informar e compartilhar as matérias divulgadas pelo nosso saudoso colunista.

Agradecemos também o carinho demonstrado sempre ao nosso blogueiro imortal.

Foram anos de fidelidade, respeito e interatividade!

Sabemos que ele exerceu com brilhantismo sua capacidade de informar com transparência e imparcialidade, transmitindo alegria e entretenimento a seus leitores.

Chegou a hora de dar um até breve e jamais um adeus, pois acreditamos que um dia estaremos novamente com nosso ente querido.