I Workshop Geoparque Uberaba discutirá as diretrizes do fomento ao turismo

Evento reunirá poder público, representantes do turismo, instituições e estudantes em Peirópolis

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedec) realizará na próxima segunda e terça-feira, dias 13 e 14 de novembro, o I Workshop Geoparque Uberaba, com palestras, painéis e discussões no Complexo Cultural e Científico de Peirópolis – CCCP/UFTM que reunirá agentes do poder público, representantes do turismo, instituições e estudantes. O evento é uma realização da Prefeitura de Uberaba, por meio da Sedec, da UFTM por meio do CCCP, e da ABCZ. Além disso, há o apoio do Conselho Municipal de Turismo de Uberaba (Comtur), Sebrae, Fiemg, Associação dos Amigos do Sítio Paleontológico de Peirópolis e do Circuito Turístico Alta Mogiana.

De acordo com a secretária adjunta de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Anne Roy Nóbrega, o evento discutirá as diretrizes sobre a implementação do Geoparque Uberaba, com o objetivo de obter a chancela da Unesco. “Esta é uma demanda importante para Uberaba, pois nos dará o reconhecimento internacional da relevância de nossos sítios geológicos, paleontológicos, históricos e culturais. O Geoparque possibilitará ainda mais fomento para o turismo, e consequentemente refletirá no desenvolvimento econômico e social”.

Durante o encontro, os participantes participarão de palestras, painéis, discussões e formação de grupos de trabalho, objetivando avaliar os aspectos relacionados aos procedimentos técnicos necessários para a submissão de Uberaba como membro do Global Geopark Network. Entre os palestrantes estarão Dr. Wellington Francisco S. Santos, da Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro, e Dra. Kátia Leite Mansur, professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

O I Workshop Geoparque Uberaba terá início com café da manhã no dia 13, a partir das 8h30. Após a abertura oficial do evento, o público terá a palestra “Potencial de Uberaba para se tornar um Geoparque”. Logo depois, as palestras trarão os temas “Como tornar o turismo um produto gerador de impactos socioeconômicos” e “Geoconservação – integração dos atores para resultados eficientes”. Também haverá um painel sobre impactos socioeconômicos e ambientais do Geoparque.

Após a pausa de almoço, haverá no período da tarde um estudo comparativo entre os Geoparks Naturtejo, Arouca e Araripe (Unesco), com as propostas brasileiras – Souza e Uberaba. Em sequência ao estudo, os participantes terão a apresentação do formulário de auto avaliação que deverá ser enviado à Unesco. Serão formados grupos de trabalho e discussão, que abordarão aspectos como captação de recursos, geoconservação, geoprodutos e economia regional.

Já na terça-feira, dia 14, o Workshop continuará com uma oficina para preenchimento do formulário. Haverá explicação sobre os atores, tarefas, metas e cronogramas de ação. Logo depois os grupos de trabalho entrarão em ação para o encerramento do encontro, com o preenchimento inicial do formulário.

 

 

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.

Obrigado, Caros Leitores!

Nós da família do Luiz Renato Rodrigues da Cunha vimos através deste canal “Em Todas” agradecer a todos que procuravam diariamente se informar e compartilhar as matérias divulgadas pelo nosso saudoso colunista.

Agradecemos também o carinho demonstrado sempre ao nosso blogueiro imortal.

Foram anos de fidelidade, respeito e interatividade!

Sabemos que ele exerceu com brilhantismo sua capacidade de informar com transparência e imparcialidade, transmitindo alegria e entretenimento a seus leitores.

Chegou a hora de dar um até breve e jamais um adeus, pois acreditamos que um dia estaremos novamente com nosso ente querido.