« Postagens Antigas
Escolha uma Página

O Ministro Marco Aurélio de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), derrubou nesta sexta-feira (30) o afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) das funções parlamentares. Com isso, Aécio poderá retomar as atividades no senado.

O Ministro também recusou o pedido de prisão de Aécio feito por denúncia apresentada ao STF, pela Procuradoria Geral da República PGR.

O senador havia sido afastado por determinação do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, após a Operação Patmos, fase da Lava Jato baseada nas delações premiadas dos executivos da JBS. O afastamento era um pedido da Procuradoria-Geral da República PGR, que apontou risco de o senador usar seu poder para atrapalhar as investigações.

O caso do senador Aécio Neves ficou com o ministro Marco Aurélio após o ministro Edson Fachin fatiar as investigações da delação da JBS.

A defesa de Aécio havia entrado com recurso no Tribunal e desde então ele aguardava a decisão para saber se poderia retomar as atividades do senado. Aécio poderá também retomar a presidência de seu partido PSDB, no qual havia se afastado, depois das delações.

 

You have Successfully Subscribed!

Share This