Peão de 19 anos morre após levar coice de touro na cabeça

Um peão de 19 anos morreu após levar um coice de um touro, neste final de semana, durante um treinamento de montaria na zona rural de Cerejeiras (RO), a 745 quilômetros de Porto Velho. Conforme a Polícia Militar (PM), Wanderson Dias de Almeida estava montando no bovino, quando caiu e foi atingido pelas patas do animal ainda no ar.

O jovem chegou a ser socorrido ao hospital local, mas não resistiu os ferimentos.

Segundo registro da Polícia Militar (PM), o acidente ocorreu quando Wanderson caiu de cima do touro, durante uma montaria. Quando estava caindo, o animal deu um coice na cabeça do jovem, fazendo a vítima desmaiar dentro da arena.

Testemunhas que estavam no local levaram o jovem ao hospital local, com sangramento pelos ouvidos, mas, devido à gravidade do acidente, o jovem não resistiu.

Conforme consta no registro policial, o acidente aconteceu em uma propriedade do Lote 3, esquina com a Linha 2, na região rural do município.

O proprietário do local contou à Policia Militar (PM) que vários jovens da região vão ao local treinar e confirma que todos usam equipamentos de segurança.

Em uma rede social, várias mensagens de amigos e familiares foram postadas homenageando Wanderson.

O jovem foi velado no espaço da Câmara dos Vereadores em Colorado do Oeste (RO) e foi sepultado às 16h deste domingo (30) no Cemitério Municipal Lar Eterno, também em Colorado do Oeste.

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.

Obrigado, Caros Leitores!

Nós da família do Luiz Renato Rodrigues da Cunha vimos através deste canal “Em Todas” agradecer a todos que procuravam diariamente se informar e compartilhar as matérias divulgadas pelo nosso saudoso colunista.

Agradecemos também o carinho demonstrado sempre ao nosso blogueiro imortal.

Foram anos de fidelidade, respeito e interatividade!

Sabemos que ele exerceu com brilhantismo sua capacidade de informar com transparência e imparcialidade, transmitindo alegria e entretenimento a seus leitores.

Chegou a hora de dar um até breve e jamais um adeus, pois acreditamos que um dia estaremos novamente com nosso ente querido.