« Postagens Antigas
Escolha uma Página

Um dos acessos ao bairro foi fechado pela concessionária da BR 050 deixando restrita a entrada apenas pelo Jardim Maracanã

A Companhia Habitacional do Vale do Rio Grande (Cohagra), por meio de sua assessoria jurídica, protocolou junto ao Ministério Público Federal (MPF), um pedido à concessionária MGO, responsável pela Rodovia BR-050, para que encontre uma solução a fim de atender aos moradores do Jardim Alvorada em relação ao acesso do bairro.

De acordo com o presidente da companhia, Marcos Jammal, o conjunto habitacional tinha duas entradas, porém, uma delas foi isolada deixando o acesso ao bairro, único e exclusivamente, através do Jardim Maracanã.

“Essa é uma preocupação do prefeito Paulo Piau e nossa, da Cohagra, de estar sempre perto da comunidade. Após uma reunião realizada com os moradores do Jardim Alvorada identificamos este problema relatado, levamos a situação ao órgão competente para que a concessionária providencie um novo acesso ao bairro. O Poder Público Municipal não pode intervir neste caso por se tratar de um acesso à rodovia federal, mas acreditamos que o MPF tomará as devidas providências”, explica Jammal.

Ele explica que o acesso se faz necessário por se tratar do bem estar da população que ali reside e que hoje tem apenas um acesso ao bairro, dificultado a sua locomoção. O documento já foi protocolado junto ao MPF que segue analisando os pedidos propostos.

Fotos: Divulgação/PMU

 

You have Successfully Subscribed!

Share This