« Postagens Antigas
Escolha uma Página

O município de Uberaba ocupa o terceiro lugar, entre as cidades mineiras com mais de 100 mil habitantes, no cumprimento da meta do Plano Nacional de Educação, no que se refere à universalização do ensino fundamental (1º ao 9º ano) para crianças e adolescentes de 6 a 14 ano, assegurando os nove anos de estudo. Os dados, divulgados hoje pelo TC Educa, software utilizado pelo tribunal de Contas para o monitoramento das metas estabelecidas em nível nacional. O objetivo do monitoramento é acompanhar se os gestores públicos cumprindo as metas, dentro dos prazos definidos na legislação.

Uberaba alcançou o terceiro lugar, depois de Araxá e Uberlândia, respectivamente, com o percentual de 94,81% na oferta de vagas para o ensino fundamental. A Secretaria de Educação de Uberaba fez uma avaliação do resultado como altamente positivo, pois considera que, embora a presença de muitos desafios para a permanência do aluno de forma sequencial na escola tem sido assegurada em UBERABA. Desafios como: o trabalho sazonal dos pais ou responsáveis, a evasão e o abandono muitas vezes provocado pelo insucesso escolar, a entrega de loteamentos sem as respectivas escolas, já que as obras dependem de recursos do Governo federal e outros.

Educação em números – Nos dados comparativos entre 2013 e 2018, pode-se ressaltar que município ampliou em mais de 1500 a oferta de vagas, já que inaugurou e implantou duas unidades de Ensino Fundamental para o atendimento de 6 a 14 anos (Escola Municipal Terezinha Hueb, no Copacabana e Ricardo Misson). Para a Secretária Silvana Elias são muitos os fatores que contribuem para a universalização do acesso ao Ensino Fundamental e, em Uberaba, ela cita: a expansão de vagas na escola de tempo integral (aproximadamente 12 mil alunos), o investimento em atividades esportivas e culturais, a valorização dos profissionais do magistério, o trabalho voltado ao protagonismo infantojuvenil, atualmente com mais de 1 mil adolescentes, de 12 a 14 anos, distribuídos em trabalhos de Educação Ambiental, participação Comunitária e Responsabilidade Social pelos Grêmios Escolares e Educação Empreendedora com parceria do Sebrae.

Atividades e projetos – Outra ação citada como relevante na universalização do acesso é o projeto Escola e Família, que atua na integração familiar e na mediação de conflitos, de forma a favorecer a permanência do aluno na escola, Atualmente o projeto atende a aproximadamente cinco mil atendimentos.

No esporte escolar são 6.500 alunos em atividades como Natação, Futebol, Futsal, Basquete, Vôlei, Ginástica Artística, Ginástica Acrobática e outras.

Na educação tecnológica, uma área de muito interesse dos alunos, o município tem oferecido aos educadores e alunos, diversas oportunidades.

Mais vantagens – Há outros fatores que contribuem para o acesso à educação em Uberaba como: a cessão de kits escolares e uniformes, facilitando às famílias a que incentiva a frequência escolar, a oferta de transporte urbano e rural, atualmente atendendo diariamente cerca de 6.500 alunos (dados de 2018). Somente em transporte escolar, a Prefeitura de Uberaba aplica aproximadamente R$ 18 milhões ao ano, para o pagamento de ônibus e vans rurais. Outro item que colabora muito para a frequência e aproveitamento escolar dos educandos é a oferta de alimentação balanceada, inclusive com dietas especiais. Na alimentação escolar o município aplica em média 15 milhões ao ano, no fornecimento de mais de 7 milhões de refeições oferecidas.

A secretária de Educação, Silvana Elias pondera que quando se tem um gestor Público comprometido com a educação, como o prefeito Paulo Piau, equipe técnica comprometida com os resultados, gestores, professores e servidores dedicados e competentes, pais responsáveis e envolvidos com a vida escolar dos filhos, a educação pode sim, mudar a realidade, finaliza ela.

Foto: Divulgação/PMU

 

 

You have Successfully Subscribed!

Share This