Uberaba – Obras calçadão – Lojistas se comprometem a executar reforma das fachadas em 40 dias

A data passa a valer a partir da próxima segunda (20)

Lojistas da região central da cidade se reuniram nesta quinta-feira (16). O encontro contou com a presença do prefeito Paulo Piau, o secretário de Obras, Marcondes Nunes de Freitas e o arquiteto e urbanista, Daniel Rodrigues, também superintendente da Secretaria de Planejamento e Gestão Urbana, responsável pela elaboração do projeto.

Todos os presentes estiveram no auditório da Associação Comercial e Industrial de Uberaba (Aciu) e discutiram o andamento das obras, bem como a como a data prevista para que os comerciantes entreguem a contrapartida das fachadas, definida em reunião em 2017.

Foi sugerido pelos representantes do município um prazo estimado de 40 dias para que os lojistas se adequem à parte afixada como contrapartida, sendo assim, com toda a identidade visual padronizada, o piso será instalado e a via entregue em definitivo à população.

“Essa parceria é um processo em que todos ganham. Teve custo para prefeitura e para os comerciantes e por isso deve ser feito dentro do que está previsto, para valer o investimento de ambas as partes”, diz o prefeito.

O secretário de Obras, Marcondes Freitas destacou a importância da celeridade e cumprimento do acordo da entrega das fachadas padronizadas. “Se tudo correr dentro do acordado, os lojistas terão este prazo a contar a partir de segunda-feira (20). Com a entrega desta contrapartida retomaremos a colocação do piso. Com certeza essa revitalização no calçadão será um chamariz para aquecer as compras do final do ano em um ambiente agradável”, reforça.

Daniel Rodrigues reapresentou o projeto aos presentes e falou sobre a proposta relembrando os principais pontos do projeto que transformará o Calçadão em um “shopping a céu aberto”.

“O projeto foi pensando nas fachadas todas livres e padronizadas, sem a quantidade de informação visual existente no local. Para que o projeto atinja 100% todas as alterações e reformas previstas em 2017 devem ser feitas”, orienta Rodrigues.

José Peixoto, presidente da ACIU vê a adequação e melhoria no centro da cidade como algo importante para o comércio. “O comerciante pode perceber agora que esse projeto é bom e terminará antes do natal, o que vai beneficiar todo o comércio local. Teremos um Calçadão moderno à altura de Uberaba”.

Ângelo Crema, vice-presidente da CDL e lojista do Calçadão há duas décadas, diz que essa reforma é muito importante, pois foi muito cobrada, e agora chega nesta etapa. “Tivemos a aprovação final da fachada por todos os comerciantes, que não é cara, mesmo neste momento de dificuldades econômicas que o país enfrenta. Por isso precisamos sim revitalizar e fazer a parte que compete aos comerciantes. Acredito que nesse primeiro momento uma boa parte das lojas estará padronizada dentro das propostas acordadas entre comerciantes e prefeitura”, pontua.

Projeto. A instalação das fachadas, também já prevista no Código de Posturas, deverá ter pelo menos 70 cm de largura pelo comprimento da fachada e altura mínima a partir do solo de 2,5 metros. A proposta é valorizar as edificações históricas da região possibilitando a identidade visual do espaço. A partir de amanhã, o projeto estará disponível no site da Prefeitura de Uberaba, www.uberaba.mg.gov.br.

Foto: André Santos

 

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.

Obrigado, Caros Leitores!

Nós da família do Luiz Renato Rodrigues da Cunha vimos através deste canal “Em Todas” agradecer a todos que procuravam diariamente se informar e compartilhar as matérias divulgadas pelo nosso saudoso colunista.

Agradecemos também o carinho demonstrado sempre ao nosso blogueiro imortal.

Foram anos de fidelidade, respeito e interatividade!

Sabemos que ele exerceu com brilhantismo sua capacidade de informar com transparência e imparcialidade, transmitindo alegria e entretenimento a seus leitores.

Chegou a hora de dar um até breve e jamais um adeus, pois acreditamos que um dia estaremos novamente com nosso ente querido.