« Postagens Antigas
Escolha uma Página

Foi realizada nesta quarta-feira (8), a “Parada Final Contra a Dengue”, que resultou na retirada de mais de 18 toneladas de lixo de seis bairros. Mais de 10 mil pessoas estiveram envolvidas na ação que atendeu aos bairros Pacaembu, Planalto, Nossa Senhora Aparecida, Mangueiras, Vila Presidente Vargas e Isabel do Nascimento.

A ação promovida pela Secretaria Municipal de Saúde contou com o apoio dos alunos da Feti, Codau, Codiub, Ministério Público, Tiro de Guerra, Guarda Municipal, Secretária Regional de Saúde, hospitais. Alunos de 75 escolas e CEMEIS também participaram do evento, sendo considerada a “cereja do bolo” pelo secretário Iraci Neto.

“Esse número foi uma surpresa negativa. O envolvimento de todos esses atores foi fundamental para contabilizar esses números. A mobilização das unidades de saúde em conjunto com as escolas e demais parceiros mostrou o grande poder que a população tem nas mãos. Foi certeiro este envolvimento”, destaca Iraci Neto.

O “start” da ação foi dado na Unidade de Saúde da Família (USF), “Dr. Inimá Baroni”, no bairro Jardim Triângulo, de onde as equipes saíram para a mobilização. Cada grupo atendeu determinados pontos pré-determinados pela coordenação com o objetivo de distribuir materiais de educativos e identificar os pontos de criadouros do mosquito transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya.

Para o prefeito Paulo Piau a ação tem que ter o envolvimento de todos. “A Prefeitura vem fazendo um intenso trabalho, por meio da Secretaria Municipal de Saúde. E se toda a população contribuir e eliminar os focos do mosquito vamos virar esse jogo”, destacou Piau.

Aplicativo – Mais uma “arma” contra a dengue está nas mãos da população. A Secretaria de Saúde de Uberaba em parceria com a Codiub – Inteligência Digital, lançaram hoje aplicativo “Uberaba contra a dengue”, criado para receber endereços e fotos dos locais que são possíveis focos do mosquito. As informações são direcionadas para a Secretaria Municipal de Saúde.

Segundo o presidente da Codiub, Denis Silva, o app é ligado a sistema georreferenciado, o que gerará um mapa de denúncia contribuindo e otimizando o trabalho de fiscalização. “A comunidade atuará como um agente fiscalizador”, destaca.

Para a chefe do Departamento de Controle de Zoonoses e Endemias da Secretaria de Saúde, Lara Rocha Batista, a nova ferramenta dará maior autonomia para a população que vê de perto como está a situação. Ela reforça que as informações enviadas contribuem para o envolvimento de todos no combate a dengue.

O app já está disponível no sistema android e pode ser baixado gratuitamente pela Play Store.

Fotos: Divulgação/Comunicação/PMU

 

You have Successfully Subscribed!

Share This