Uberaba – Secretaria Desenvolvimento Social faz Ação de Abordagem na Rodoviária e revela panorama de pessoas em situação de rua

Secretaria de Desenvolvimento Social propõe ação ordenada para que doações não prejudiquem o trabalho de resgate social

 

O secretário Marco Túlio Cury e equipes de Abordagem Social da Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds) fizeram uma ação de abordagem nas imediações do Terminal Rodoviário nesta quarta-feira (26). A iniciativa contou com a presença da Guarda Municipal (Sedest), Departamento de Controle de Zoonoses e Endemias da Secretaria de Saúde e Secretaria de Serviços Urbanos (Sesurb). A imprensa local acompanhou a ação e o trabalho desenvolvido pela Seds, que mostrou as novas iniciativas e as orientações à população sobre como proceder e o que evitar para colaborar com a situação.

De acordo com Cury, há um grave aumento de pessoas em situação de rua em Uberaba e, diante das ações rotineiras da Seds, constata-se que elas encontram condições favoráveis para permanecer na rua. “As pessoas tem um grande coração e ajudam trazendo comida, colchão, alimento, roupas e cobertores a essas pessoas. Viemos mais uma vez ver como está essa situação e pedir para a população nos ajudar. O melhor caminho é normatizar e centralizar essas ações de caridade nas instituições que trabalham em prol dessas pessoas. Queremos nos unir para propor um trabalho ordenado. Se eles recebem a comida na rua, eles não vão se institucionalizar, ou seja, não vão receber o tratamento digno”, avalia o secretário.

Para quem quer fazer doações, o secretário da Seds recomenda procurar a secretaria para unir forças, e que o trabalho seja em prol do resgate consciente, de forma que todos trabalhem juntos. “O melhor caminho é convencer essas pessoas a irem para uma instituição, que elas procurem a Assistência Social. Temos técnicos e pessoas capacitadas para orientar esse trabalho de quem faz caridade e quer ajudar. A doação feita aleatoriamente às vezes traz o sentimento de que está ajudando, mas isso pode atrapalhar a pessoa em situação de rua a ter uma dignidade”.

Abordagens. Marco Túlio Cury explica que a abordagem tem a vertente da Assistência Social, que acontece com psicólogos e assistentes sociais, e conta-se também com a Guarda Municipal, para que haja ação caso exista alguma situação que envolva agravantes criminais. Também conta com a equipe de limpeza da Secretaria de Serviços Urbanos, que recolhe lixo, restos de comida e objetos deixados nas vias públicas. A abordagem, que já é um trabalho de rotina, tem sido intensificada devido ao aumento de pessoas nas ruas.

Claudia Cristina da Silva, chefe do Departamento de Proteção Especial da Seds, reforça que dentro da política da população de rua no município, a Abordagem Social é um serviço continuado que funciona das 7h às 18h de segunda a sexta, e nos sábados, domingos e feriados das 9h às 21h. “O intuito da abordagem é proporcionar à pessoa em situação de vulnerabilidade que ela tenha acesso aos serviços públicos. Com a população de rua os técnicos abordam, sensibilizam e tentam resgatar vínculos familiares, pois o objetivo principal é que essa pessoa saia das ruas e retorne para suas famílias”.

Claudia esclarece que quando não há possibilidade do resgate de vínculo familiar, há o encaminhamento para as instituições que, em parceria com a Seds, recebem recursos para atender o morador de rua de Uberaba. “Paralelo a este serviço temos o atendimento para o migrante e itinerante, que é a Casa de Passagem. É oferecida a passagem para que ele retorne ao seu município de origem, e o serviço é um atendimento provisório. Hoje temos uma média de 190 pessoas em situação ou vivência de rua, que é diferente do morador de rua. E dessas, são em torno de 80 a 85 migrantes e itinerantes”.

Foto: Divulgação/SECOM/PMU

 

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.

Obrigado, Caros Leitores!

Nós da família do Luiz Renato Rodrigues da Cunha vimos através deste canal “Em Todas” agradecer a todos que procuravam diariamente se informar e compartilhar as matérias divulgadas pelo nosso saudoso colunista.

Agradecemos também o carinho demonstrado sempre ao nosso blogueiro imortal.

Foram anos de fidelidade, respeito e interatividade!

Sabemos que ele exerceu com brilhantismo sua capacidade de informar com transparência e imparcialidade, transmitindo alegria e entretenimento a seus leitores.

Chegou a hora de dar um até breve e jamais um adeus, pois acreditamos que um dia estaremos novamente com nosso ente querido.