« Postagens Antigas
Escolha uma Página

A equipe técnica da Seção Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural (Sempac) da Fundação Cultural de Uberaba (FCU) começou as atividades de salvaguarda do ano de 2019, com enfoque nos Ternos de Congada, Moçambique e Afoxés. Na última sexta-feira (22), foi realizada uma reunião com representantes das manifestações na sede da FCU. O principal intuito da “salvaguarda” é proteger características culturais, intermediar a comunicação entre a comunidade congadeira e Poder Público Municipal, bem como, trabalhar em prol da permanência e perpetuação das práticas de cada grupo na cidade.

A reunião foi conduzida pelo estagiário de História, Maycon Gonçalves e pelo historiador Gustavo Vaz, ambos da Sempac. O encontro tratou das ações realizadas na execução do plano de salvaguarda do último ano. A discussão foi subdividida em alguns eixos temáticos principais, sendo Patrimônio Imaterial da Cidade; avaliação das medidas e inserção de novas propostas; atualização dos dados para 2019. Também foi repassada a necessidade de entrevista técnica posterior, para atualização de dados, do registro histórico e antropológico de alguns grupos.

Os Ternos de Congada, Moçambique e Afoxés têm grande representatividade, nos já tradicionais festejos de 13 de maio e Nossa Senhora do Rosário (novembro). Além da ação de salvaguarda, a FCU, por meio do Departamento de Cultura, realizou uma reunião no dia 08 de fevereiro, com sete representantes, para estimular a regularização dos documentos dos grupos, antes das festividades de 2019.

Fotos: Divulgação/Reprodução/FCU

 

 

You have Successfully Subscribed!

Share This