« Postagens Antigas
Escolha uma Página

A Polícia Civil do Rio de Janeiro vai ouvir na próxima segunda-feira (28), Vanderson de 35 anos, natural de Rio Branco,  ex-participante do BBB 19,  por crimes cometidos no Acre. A delegada Rita Salim, da Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (Deam), em Jacarepaguá, afirmou que Vanderson vai prestar esclarecimentos sobre três crimes.

“Nós recebemos uma precatória do Acre, solicitando que fizéssemos a oitiva do Vanderson por causa de três fatos que aconteceram lá. É um estupro, uma lesão corporal é uma importunação ofensiva ao pudor. A minha atribuição é ouvi-lo acerca desses fatos”, disse.

A delegada informou ainda que após o depoimento ele deverá ficar em liberdade no Rio de Janeiro.

Vanderson deixou o programa nesta quarta-feira (23). Uma das regras do programa diz que a saída de um candidato da casa resulta em desclassificação.

Vanderson não será substituído e o programa seguirá com 15 participantes. O apresentador Tiago Leifert anunciará a decisão na edição desta noite.

Família comenta

 

A família de Vanderson usou a conta dele no instagram para lamentar sua desclassificação no BBB19. Na postagem, eles dizem que não existe um veredicto final da Justiça e que ficaram ‘perplexos’ com a notícia.

Uma das regras do programa diz que a saída de um candidato da casa resulta em desclassificação. Vanderson não será substituído e o programa seguirá com 15 participantes. O apresentador Tiago Leifert anunciará a decisão na edição desta noite.

“Infelizmente nosso herói acreano foi desclassificado do jogo. Lembrando que não existe um veredicto final da justiça. A Rede Globo com a direção do BBB decidiram eliminar ele do reality devido ao contato com o mundo exterior, que fique claro — o que não faz parte ou é permitido segundo as normas do contrato e programa. Lamentamos muito o ocorrido e acreditamos no melhor para ele!”

Fotos: Reprodução

 

–:–/–:–

 

 

You have Successfully Subscribed!

Share This