Fundação Cultural de Uberaba apresenta “Festival do Chapadão” para empresários

Nessa semana, a Fundação Cultural de Uberaba, representada pelo presidente Antônio Carlos Marques e pelo Departamento de Fomento à Cultura e Patrimônio Histórico, estiveram presentes em reunião na Associação Comercial e Industrial de Uberaba (ACIU) para apresentar o Projeto Festival do Chapadão.

Segundo a chefe de Departamento de Fomento à Cultura e Patrimônio Histórico, Lucimira Reis, o encontro teve o objetivo de captar recursos para a execução do festival. “Fomos muito bem recebidos pelo presidente da ACIU, o José Peixoto, que tem com certeza uma gestão visionária”, afirma Reis. O Presidente da Fundação, professor Antônio Carlos, ressaltou a importância da Cultura para o município. A Historiadora Aparecida Manzan, ressalta ter havido grande interesse das empresas.

Festival Chapadão. O primeiro Festival do Chapadão idealizado e realizado por Jorge Henrique Prata Soares, mais conhecido por “Pratinha”, foi realizado em Uberaba no dia 19 de outubro de 1966, no Clube Sírio Libanês. Dedicado à MPB e realizado nos moldes dos famosos festivais de música da Excelsior e Record, o evento teve oito edições que viabilizaram o Município a receber artistas brasileiros de alto escalão musical e reconhecimento internacional. Além disso, também agiu como impulsionador e revelador de talentos como “Sarrafo”, contemplado vencedor da primeira edição.

Fotos: Divulgação/PMU

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.

Obrigado, Caros Leitores!

Nós da família do Luiz Renato Rodrigues da Cunha vimos através deste canal “Em Todas” agradecer a todos que procuravam diariamente se informar e compartilhar as matérias divulgadas pelo nosso saudoso colunista.

Agradecemos também o carinho demonstrado sempre ao nosso blogueiro imortal.

Foram anos de fidelidade, respeito e interatividade!

Sabemos que ele exerceu com brilhantismo sua capacidade de informar com transparência e imparcialidade, transmitindo alegria e entretenimento a seus leitores.

Chegou a hora de dar um até breve e jamais um adeus, pois acreditamos que um dia estaremos novamente com nosso ente querido.