Fundação Cultural de Uberaba apresenta projeto “Educação Patrimonial” para a secretária de Educação


A Fundação Cultural Professor Antônio Carlos Marques apresentou, na tarde desta terça-feira (16), o “Educação Patrimonial: Aprendendo com o mundo e a cultura que vivemos”, na Secretaria Municipal de Educação (Semed). O projeto faz parte das ações do Departamento de Fomento à Cultura e Patrimônio Histórico e funciona como prática pedagógica e histórica. O objetivo da reunião foi formalizar a parceria entre FCU e Semed.

O projeto existe desde 2007 e é voltado para toda a comunidade. As ações são executadas, principalmente, nas escolas do Município. Em 2017, mais de 50 instituições de ensino, inclusive das comunidades rurais, receberam a equipe do programa.

“A proposta do ‘Educação Patrimonial’ é estreitar o diálogo com a sociedade sobre políticas de identificação, reconhecimento, proteção e promoção do patrimônio cultural. Trabalhamos com muita música, envolvendo da criança ao adulto, para que conheçam a história de Uberaba. Por isso, nos colocamos à disposição da Secretaria de Educação para uma parceria que beneficie os estudantes”, afirmou o historiador da Fundação Cultural, professor Gustavo Vaz, que coordena o projeto.

A secretária Sidnéia Zafalon acolheu a iniciativa e propôs que o “Educação Patrimonial” seja viabilizado remotamente para atender as unidades educacionais da rede municipal de ensino nesse momento de pandemia. O projeto será repensado para chegar até as escolas virtualmente.

A reunião contou com a presença do professor Gustavo Vaz e da arquiteta Daniela Velludo (Departamento de Fomento à Cultura e Patrimônio Histórico), a secretária de Educação, Sidnéia Zafalon, a chefe do Departamento de Arte e Cultura, Cinara Guimarães, e a diretora de Educação Básica, Marinez Martino Prata.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Uberaba

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.