« Postagens Antigas
Escolha uma Página

O helicóptero do SAMU é uma questão resolvida com a garantia de  custeio das equipes pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência e Emergência da Macrorregião do Triângulo Sul (Cistrisul), segundo o prefeito Paulo Piau. A questão também foi debatida na visita do secretário do Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral. Ele esclareceu que não há intenção do Estado em tirar o helicóptero do Município, citando que o Estado já investiu R$16 milhões nesta estruturação.


O secretário de Estado ponderou que o assunto já tem resolução a partir do compromisso mútuo da região para com o equipamento. O retorno não tem uma data definida, mas está assegurado a partir do compromisso regional firmado pelo Consórcio presidido pelo prefeito de Conceição das Alagoas, Celson Pires. “Conversamos com os prefeitos para viabilizar esta permanência da aeronave aqui, e mais do que isso, discutir sua utilização de forma adequada. A depender do Estado ele fica aqui à disposição da região. O que alinhamos foram questões financeiras para viabilizar o sustento da melhor forma possível. Não há interesse que ela deixe de atender aqui”.

Segundo o secretário municipal Iraci Neto, a aeronave deve voltar à base de atendimento da região do Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas, o mais breve possível. Ele destaca ser preciso compreender que o equipamento atende toda a região, já que é um dos seis helicópteros que cobrem todo o Estado na operação em bases predefinidas.

“Esta aeronave seguiu para Varginha provisoriamente, enquanto o helicóptero daquela região está em manutenção. Nas próximas semanas a aeronave deve voltar Uberaba, tão logo sejam organizadas as equipes de atendimento e trâmites financeiros dos 27 municípios consorciados do Cistrisul, já repassando os recursos necessários”.

Fotos: Marco Aurélio Cury/André Santos/PMU

 

You have Successfully Subscribed!

Share This