Marão solicita compra de drones para combater a dengue em Uberaba

O Estado de Minas está em alerta para o aumento dos casos de dengue, chikungunya e zika. Pensando nesta situação, o presidente da Câmara Municipal de Uberaba, Ismar Vicente dos Santos “Marão” (PSD) está cobrando do Município a aquisição de drones para ajudar no combate ao mosquito da dengue.

“Marão” enviou requerimento ao prefeito Paulo Piau pedindo para que se ja priorizada a aquisição e a utilização de drones como medida auxiliar preventiva no combate ao Aedes Aegypti. A verba necessária, segundo o presidente, é originária de emendas parlamentares do ex-deputado federal e atualmente secretário executivo do Ministério da Agricultura, Marcos Montes Cordeiro.

De acordo com o vereador, os equipamentos podem ajudar a identificar caixas d’água abertas, ou mesmo terrenos, onde os servidores do Centro de Controle de Zoonoses não conseguem entrar. “Marão” lembrou que outras cidades onde os drones são utilizados estão apresentando ótimos resultados.

Boletim – Segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde, até o dia 1º de abril foram registrados 81.456 casos prováveis (casos confirmados + suspeitos) de dengue. Este ano já foram confirmados no Estado sete óbitos nos municípios de Arcos, Betim, Paracatu, Uberlândia (dois) e Unaí (dois).

Ao todo são 29 óbitos em investigação para dengue. Durante todo ano de 2018 foram confirmados 12 óbitos por dengue nos municípios de Araújos, Arcos (dois), Conceição do Pará, Contagem, Ituiutaba (dois), Lagoa da Prata, Moema, Montes Claros, Passos e Uberaba. Outros dez óbitos ainda estão em investigação para dengue.

Com relação à Febre Chikungunya, Minas Gerais registrou 966 casos prováveis da doença em 2019, sem nenhum registro de óbito, até o momento. Outro levantamento diz respeito à Zika, sendo que já foram registrados 319 casos prováveis da doença este ano.

Na região do Triângulo Mineiro, o município com mais casos de dengue é Uberlândia, com 9.009 casos e duas mortes confirmadas, ficando apenas através de Betim, que tem 9.285 casos da doença. Uberaba está em segundo lugar no Triângulo, com 2.189 casos prováveis. Na sequência vem Araguari, com 1.545, João Pinheiro, com 1.047, Patos de Minas 1.027, Frutal 887 e Prata 806 casos prováveis.

Com relação à Zika, são 24 casos prováveis em Uberaba, sendo quatro em gestantes. Já os casos de Chikungunya, até agora são 13 casos prováveis na cidade.

Fotos: Rodrigo Garcia

 

 

 

 

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.