Morre em Uberlândia (MG) o ex-deputado João Bittar

O ex-deputado e empresário João Bittar (DEM) morreu na madrugada desta segunda-feira (21), em Uberlândia, aos 54 anos. O falecimento foi confirmado nesta manhã pelo Cemitério Parque dos Buritis, Bairro Novo Mundo, onde o corpo está sendo velado. O sepultamento será às 17h no mesmo local.

A família informou que João Bittar estava em tratamento contra um câncer há cerca de um ano e que, no último sábado (19), foi internado no Uberlândia Medical Center (UMC). O tipo de câncer não foi informado.

O médico responsável pelo atendimento, o pneumologista Thulio Marquez Cunha, confirmou que Bittar deu entrada na unidade apresentando grave quadro de pneumonia. A causa da morte se deu em virtude de complicações da mesma, não tendo relação com a doença base do paciente. O óbito ocorreu à 0h40. O político deixa a esposa e quatro filhos.

Do voluntariado à política

 

O político João Bittar Júnior nasceu em abril de 1963 em Ituiutaba. Mudou para Uberlândia e foi fundador e voluntário da ONG LAR destinada ao atendimento de pessoas de baixa renda. Com forte atuação nas áreas de desenvolvimento social, saúde e educação, Bittar se elegeu vereador por três mandatos em Uberlândia e disputou as eleições para prefeito municipal em 2004 e 2008.

João Bittar foi fundador e primeiro presidente do Conselho Municipal do Idoso de Uberlândia no início da década de 90. Na Câmara de Vereadores, foi presidente das comissões de Ciência e Tecnologia, Educação, Cultura, Direitos Humanos, Ação Social e Defesa do Consumidor.

Como deputado estadual entre 2003 e 2007, foi presidente da Comissão de Assuntos Municipais e Regionalização, membro da Comissão de Participação Popular e da Comissão de Política Agropecuária e Agroindustrial. Também presidiu a Comissão de Turismo, Indústria, Comércio e Cooperativismo.

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.

Obrigado, Caros Leitores!

Nós da família do Luiz Renato Rodrigues da Cunha vimos através deste canal “Em Todas” agradecer a todos que procuravam diariamente se informar e compartilhar as matérias divulgadas pelo nosso saudoso colunista.

Agradecemos também o carinho demonstrado sempre ao nosso blogueiro imortal.

Foram anos de fidelidade, respeito e interatividade!

Sabemos que ele exerceu com brilhantismo sua capacidade de informar com transparência e imparcialidade, transmitindo alegria e entretenimento a seus leitores.

Chegou a hora de dar um até breve e jamais um adeus, pois acreditamos que um dia estaremos novamente com nosso ente querido.