Uberaba – Mulheres representam 73% dos atendimentos do ‘Saúde Mental na Escuta’

Procura pelo serviço é maior entre 18 a 50 anos

callcenter ‘Saúde Mental na Escuta’ completou dois meses de atendimento no último sábado (6). Disponibilizado pela Prefeitura de Uberaba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o serviço foi criado para o acolhimento das pessoas em sofrimento emocional em decorrência da pandemia da Covid-19 e das medidas por ela acarretadas, como distanciamento social e isolamento domiciliar. Segundo dados da SMS, a maioria da procura por orientações telefônicas é do sexo feminino, com 73%, frente a 27% de demanda masculina.

O objetivo é evitar o adoecimento das pessoas e o agravamento das  que já apresentam algum tipo doença psiquiátrica, explica o diretor de Atenção Psicossocial da SMS, o psicólogo Sérgio Marçal. Em levantamento dos atendimentos realizados nestes dois meses, Sérgio conta que os números percebidos são voltados, principalmente, para situações de ansiedade (26%), seguido de tristeza (13%), desorganização da rotina (11%), orientações específicas a respeito da Covid-19 (9%), pânico e choro (8%), conflitos familiares (7%) e questões socioeconômicas (6%), entre outros.

“As principais abordagens giram em torno de escuta ativa e acolhimento da queixa (65%), seguidos de orientações a respeito de organização da rotina (12%), encaminhamento para serviços da rede de atenção psicossocial (7%), direcionamento para orientações do ‘Saúde Ativa’ (4%) e, por fim, encaminhamentos para a busca de benefícios sociais na assistência social e encaminhamentos para atendimento em situações de urgência e emergência, com 1% cada”, relata o diretor de Atenção Psicossocial. Com relação à distribuição de faixa etária, a prevalência é de 56% de pessoas com idade entre 18 e 50 anos, 40% acima de 50 anos e 5% de crianças até nove anos.

Duas linhas de telefone são voltadas para o atendimento dos profissionais que estão à frente do combate à Covid-19. São eles o 3314-8707 e o 3316-1328. A população em geral que precisar da ajuda pode ligar nos telefones: 3325-8391, 3314-8101, 3321-7642 e 3314-7277. O serviço está disponível 12 horas por dia, de segunda a sexta-feira das 7 às 19 horas.

Monitoramento de pacientes continua

Pessoas que eram atendidas ambulatorialmente no Serviço Intermediário de Atenção Psicossocial (SIAP) são monitorados pelo ‘Saúde Mental na Escuta’.  Segundo o psicólogo Sérgio Marçal, o objetivo é a manutenção de vínculos, uma vez que a equipe é mesma. “Esse acompanhamento é voltado para o atendimento de eventuais necessidades desses pacientes, como a renovação de prescrições atestados médicos, laudos e pareceres, com hora marcada e observando todos os cuidados de higiene e distanciamento”, ressalta.

Fotos: Divulgação/Prefeitura de Uberaba

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.