Onze leitos de UTI de Uberaba estão ocupados por pacientes de outras cidades

Pacientes de Conceição das Alagoas, Frutal, Sacramento, Santa Juliana, Itapagipe, Iturama, Uberlândia, Planura, Veríssimo, Nova Ponte e Igarapava (SP) estão internados em Uberaba para tratamento da Covid-19. Dos 30 pacientes, 11 estão ocupando leitos de UTI, em duas unidades hospitalares de Uberaba – Hospital São Domingos e Hospital Regional. O restante dos pacientes está em leitos de enfermarias nestes dois hospitais e também no Hospital Mário Palmério. São pacientes de convênio e SUS.

Uberaba que é cidade polo, portanto responsável pela macrorregião do Triângulo Sul, e tem responsabilidade de acolher esta demanda, no entanto, o secretário de Saúde Iraci Neto, alerta para a necessidade de as cidades menores acompanharem as ações de enfrentamento da Covid-19 do município. Para ele, é preciso atenção quanto ao número elevado de pacientes de Conceição das Alagoas, cidade com pouco mais de 26 mil habitantes.

São 11 pacientes da cidade vizinha, sendo que 9 deles estão em UTIs.  A segunda cidade com mais pacientes em Uberaba, é Frutal com 6 pacientes, todos no HR. O detalhe é que Frutal tem mais de 57 mil habitantes, ou seja, mais que o dobro de Conceição das Alagoas. Já Sacramento, que tem quantidade populacional equivalente a Conceição, tem apenas um paciente internado em Uberaba, em enfermaria.

“No contingente de pacientes externos à Uberaba, só Conceição das Alagoas representa quase 32% da ocupação dos leitos. Estamos acompanhando e dando o suporte necessário. O preocupante também é a gravidade com que estes pacientes têm chegado. Só de Conceição, dos 11 internos, 9 estão em UTIs”, destacou Iraci Neto.

Paraquedas. Outro ponto detectado pela Regulação Municipal esta semana foi a presença de três pacientes vindos de Uberlândia e que chegaram na UPA Mirante. A alegação de dois deles, é que estavam na cidade e sentiram-se mal. O terceiro confirmou que veio buscar atendimento na cidade, por não encontrar em Uberlândia. Dois já receberam alta e outro continua internado.

Não houve nenhuma solicitação legal por parte da cidade vizinha para atendimento. O jurídico da SMS agora estuda os mecanismos legais para resolver a questão, pois o SUS é nacional, mas os atendimentos de outras cidades devem vir de forma legalizada e transparente.

“Tem que partir de um pedido do serviço do município, e não as pessoas entrarem no carro e parar na UPA de Uberaba falando que passou mal aqui, ou mentindo endereço. Hoje pelo SisReg, buscamos a origem do paciente pela história de cadastros de entrada nos serviços do SUS”, explica.

Com os dados em mãos, Iraci destaca que hoje, dos 1176 pacientes positivos para Covid-19 em Uberaba, 874 estão curados, 231 estão em acompanhamento em suas residências e dos 70 hoje internados (UTI e Enfermaria), 30 são de cidades vizinhas, portanto, 40 uberabenses seguem internados.

Fotos: Divulgação/Prefeitura de Uberaba

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.