Polícia Federal defere porte de arma para a Guarda Municipal de Uberaba

Investimentos da Prefeitura na força de segurança pública somam mais de R$1 milhão 

A Guarda Municipal de Uberaba foi comunicada pela Polícia Federal sobre deferimento do porte de arma para os GMs que concluíram recentemente o curso de formação e o curso de armamento e tiro. Isso quer dizer que tais agentes estão habilitados a trabalharem armados, segundo o secretário municipal de Defesa Social, jornalista Wellington Cardoso Ramos. O investimento na Guarda Municipal foi de R$1 milhão e 100 mil com curso de formação,  treinamento de tiro, coletes balísticos, abono-fardamento, munição e pistolas 380, conta o secretário. Ele informa ainda que há procedimentos aguardando a liberação de recursos para a compra de novas viaturas e  mais armamento.

“O ideal seria que vivêssemos em um país em que os agentes das  forças de segurança pública que fazem o trabalho preventivo nas ruas não precisassem sequer estar armados, mas essa não é a realidade do País. Então os agentes têm que estar preparados e devidamente armados e equipados”, ressalta Cardoso.

O secretário também destacou estar em andamento o processo licitatório para a contratação de empresa legalmente habilitada pela Polícia Federal para ministrar o curso de armamento e tiro para os GMs mais antigos,  formados sem o treinamento para armamento e tiro, mas apenas parra manuseio de  arma não letal. “Dentro de 30 dias, aproximadamente,  estaremos em condições também de oferecer o curso de armamento e tiro para os demais GMs. Em breve, todo o efetivo da Guarda Municipal estará devidamente armado para cumprir o seu papel na área de segurança pública”. Ainda de acordo com o secretário, há um Projeto de Lei em tramitação na Câmara Municipal tratando do estatuto da Guarda Municipal e do seu plano de hierarquização.

Para o superintendente da Defesa Social, Carlos Alberto Barbosa Siqueira, equipar e treinar a Guarda é proteger melhor a população, oferecer maior proteção aos bens e instalações públicas do Município e ao próprio Guarda.

“As instruções são constantes junto aos agentes, inclusive na sexta-feira, dia 21, tivemos treinamento com o pessoal das motos, e vamos trabalhar diariamente para que possamos contar com guarnições armadas o mais rápido possível, trabalhando na prevenção à violência em Uberaba, e colaborando com as demais forças de segurança”, declarou o superintendente. 

Segundo o comandante da GM, Marcelo Neves, trata-se de um marco na história da Guarda Municipal e da sociedade uberabense. “É um processo demorado diante da série de ritos a se cumprir. A legislação é muito rígida para a concessão de porte de arma para Guarda Municipal. Os novos GMs já passaram pelo treinamento durante o curso de formação no ano passado e logo vamos poder colaborar mais para diminuir os índices de criminalidade na cidade”, pontuou

Fotos: Divulgação/Prefeitura de Uberaba

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.