Prefeito de Uberaba Paulo Piau se reúne com Michel Temer nesta terça-feira (24) para discutir Planta de Amônia

O prefeito Paulo Piau será recebido amanhã (24), em Brasília, pelo Presidente da República, Michel Temer. O prefeito vai solicitar um posicionamento do Governo Federal sobre a decisão da Petrobras de leiloar os equipamentos da planta de amônia (UFN-5), visto que Uberaba é prejudicada com este desfecho. Piau lembra que em todas as tratativas relativas à questão, a Petrobras sempre garantiu que o projeto estava hibernado, mas não cancelado. Entre as diversas reuniões sobre o tema, a venda dos ativos e a busca por investidores, no sentido de dar andamento ao projeto, sempre foram discutidas. Ele ainda explicou que houve informações sobre a negociação de uma parte de equipamentos pela empresa que construiria a planta, Toyo Setal, mas que apenas este anúncio da Petrobras, foi que externou o desfecho para o possível cancelamento do projeto.

“Não podemos aceitar que a Petrobrás venha, apronte uma confusão dessas e depois simplesmente venda tudo, vai embora e nos deixa aqui realmente com toda a problemática. E a problemática é grande. Foram empresas que acreditaram no projeto, que eu diria que dedicaram tempo se capacitando para serem fornecedores da Petrobrás no treinamento do Sebrae. Foram investimentos que os empresários fizeram em Uberaba, seja no ramo imobiliário ou no ramo comercial. Então tem todo um prejuízo para a comunidade de Uberaba, além do que o projeto seria importante para gerar empregos, gerar divisas. Nesse sentido nós vamos cobrar essa fatura da Petrobrás sim, e nada melhor que ir no presidente da República, que estará nos recebendo amanhã numa agenda marcada pelo deputado Marcos Montes”, afirmou.

Piau lembra que após o escândalo da Petrobras e toda a situação envolvendo as obras voltadas para o setor de fertilizante da empresa, culminando no anuncio de hibernação da obra da planta de amônia de Uberaba, tem feito um trabalho, seja em Brasília ou junto ao Governo do Estado, em parceria com Codemig, no sentido de que a iniciativa privada ficasse com o projeto. Inclusive, ele relembra reunião em que o próprio  presidente Michel Temer, o encaminhou para agenda com o presidente da Petrobras, Pedro Parente, onde foi solicitado que o projeto de Uberaba estivesse inserido no plano de desinvestimento da empresa e para que a venda fosse em conjunto com todos os outros projetos da área de Fertilizantes. “Os investidores internacionais não querem negócio pequeno, não querem comprar uma fábrica, eles querem comprar uma atividade. Mas a Petrobrás tomou a decisão de não fazer assim, e deve ter a suas razões. Mas devia, no mínimo, ter dado uma explicação melhor para que a gente pudesse tomar decisões”, avalia.

Ainda de acordo com o prefeito, os deputados que atuam em prol de Uberaba estão sendo convidados, bem como o presidente do Poder Legislativo, vereador Luiz Dutra, além das entidades classistas da cidade. “Vamos dizer ao presidente que a Petrobras tem responsabilidade com Uberaba. Se não quer investir, que é o que já sabemos, que pelo menos dê o direcionamento correto ao projeto, ou seja, que deixe a iniciativa privada entrar. Agora, o que não vamos aceitar, é que a Petrobras lave as mãos e vire as costas para Uberaba. Ela tem responsabilidade aqui e nós vamos cobrar”, finalizou Piau.

 

 

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.

Obrigado, Caros Leitores!

Nós da família do Luiz Renato Rodrigues da Cunha vimos através deste canal “Em Todas” agradecer a todos que procuravam diariamente se informar e compartilhar as matérias divulgadas pelo nosso saudoso colunista.

Agradecemos também o carinho demonstrado sempre ao nosso blogueiro imortal.

Foram anos de fidelidade, respeito e interatividade!

Sabemos que ele exerceu com brilhantismo sua capacidade de informar com transparência e imparcialidade, transmitindo alegria e entretenimento a seus leitores.

Chegou a hora de dar um até breve e jamais um adeus, pois acreditamos que um dia estaremos novamente com nosso ente querido.