Prefeitura de Uberaba irá selecionar projetos para ações de enfrentamento à Covid-19

As ações serão direcionadas para a retomada da economia local pós-pandemia

Publicada na edição de sexta-feira (14), do Diário Oficial do Município (Porta-Voz), a chamada de propostas de projetos que possam contribuir com a retomada econômica do Município visando a pós-pandemia. Promovida pela Prefeitura de Uberaba e idealizada pelo Comitê Executivo do U+20 “Uberaba antecipando o futuro”, a chamada tem como objetivo viabilizar projetos que visem ao enfrentamento à pandemia de Covid-19 e a retomada econômica do município de Uberaba. Para isso, os projetos precisam estar relacionados ao Programa U+20 e, que, contribuam direta ou indiretamente ao cumprimento dos objetivos de desenvolvimento sustentável elencados na chamada como: acabar com a pobreza em todas as formas; com a fome alcançando a segurança alimentar e a melhoria da nutrição promovendo a agricultura sustentável; promover o crescimento econômico sustentado, emprego pleno e produtivo para todos dentre outros.

As propostas podem ser originadas de Instituições de Ensino Superior ou de Pesquisa, públicas ou privada e/ou entidades de classe empresarial, e/ou de entidades da sociedade civil organizada, entidades associativas de direito privado sem fins lucrativos.

De acordo com a Coordenadora Executiva do U+20 e gestora do Parque Tecnológico, Raquel Resende, “esta chamada, que deverá ser anual, busca  estimular a interação entre os entes da tríplice hélice que são as empresas, governo, academia fortalecendo suas ações conjuntas relacionadas ao Programa U+20”, afirma.

Raquel explicou ainda que a primeira chamada dos projetos selecionados terá ênfase no enfrentamento às consequências da Covid-19. “A decisão foi unânime para as Câmaras Técnicas do U+20 e seu comitê executivo para que nessa primeira chamada sejam priorizados projetos relacionados aos ODS, mas que apoiem a retomada econômica pós-pandemia e que sejam impactantes para a sociedade agora e depois”.

Contratos – Conforme a chamada os projetos selecionados terão prazo de execução de até 12 meses, contados a partir da data de publicação do extrato do Termo de Convênio pelo Porta Voz do Município de Uberaba. Serão levados em conta, algumas exigências como submeter apenas uma proposta por CNPJ, ter um espaço direcionado para a realização do projeto, ter apoio técnico e administrativo e, também tempo para equipe se dedicar à execução da proposta.

Podem participar apenas propostas inscritas por pessoas jurídicas, tais como Instituições de Ensino Superior ou de Pesquisa, públicas ou privada e/ou entidades de classe empresarial, e/ou de entidades da sociedade civil organizada, entidades associativas de direito privado sem fins
lucrativos.

Recursos financeiros – Os recursos serão aplicados pelo Município e haverá limite mínimo e máximo, conforme explica Raquel Resende. “Os proponentes poderão pleitear à PMU no mínimo de R$ 30 mil e no máximo R$50 mil por proposta e deverão atender algumas obrigatoriedades seguindo os critérios da chamada”, comenta.

Plano de trabalho – Para que sejam avaliados e escolhidos pela comissão técnica do U+20, composta por entes do meio acadêmico, empresarial e de governo, os projetos deverão apresentar plano de trabalho (em versão eletrônica). A classificação será feita por ordem da pontuação seguindo critérios da chamada e a homologação será feita pela Prefeitura, pelo Porta-Voz e a divulgação dos resultados está prevista para o dia 7 de outubro.
Informações e dúvidas pelo e-mail: info.edital_u20@uberaba.mg.gov.br

Fotos: Reprodução/Divulgação/PMU

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.