Prefeitura de Uberaba realiza VI Conferência Municipal de Políticas Sobre Drogas

 

A Prefeitura de Uberaba, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds) e o Conselho Municipal Anti-Drogas (Comad), realiza a VI Conferência Municipal de Políticas Sobre Drogas nesta sexta-feira (22) no Anfiteatro do Centro Administrativo. O tema trabalhado neste ano é Políticas Públicas sobre Drogas para a Juventude e contou com palestras da secretária de Educação, Silvana Elias da Silva Pereira, do diretor de Atenção Psicossocial, Sérgio Marçal e representante da Segurança Pública do Estado, Major Santiago.

Segundo o secretario adjunto da Seds, Carlos Godoy, essas discussões são de grande importância, pois as diretrizes e práticas que podem virar políticas públicas saem dessas conferências. “As políticas públicas não podem sair só do governo, a população também tem que fazer parte. O município tem que discutir as suas diretrizes e está fazendo isso”, explica.

Durante as palestras, foram discutidos os programas já existentes em Uberaba e maneiras de integrar a temática nesses serviços, como, por exemplo, buscar alternativas de reinserção dos usuários na Educação de Jovens e Adultos (EJA) por parte da Semed. O diretor de Atenção Psicossocial, Sérgio Marçal, colocou ainda a necessidade de trabalhar de forma inter-setorial e pensar uma forma de desenvolver um trabalho em rede.

Valéria Guimarães, presidente do Conselho Municipal Anti Drogas (Comad), ressalta que uma informação importante, trazida para a discussão pelo Major Santiago é de mais de 64% dos dependentes químicos são da cidade de Uberaba, contrário à noção de que a maioria das ocorrências era de pessoas de fora do município.

No período da tarde acontece uma discussão sobre os quatro eixos temáticos do evento, em seguida vamos ter a apresentação desses trabalhos, trazendo para a plenária final as propostas, das quais oito serão enviadas para a Conferência Estadual, que será em Belo Horizonte, do dia 25 a 27 de outubro.

“Vamos eleger também quatro delegados. Os trabalhos hoje são bastante intensos, mas não pára só hoje. Continuaremos vendo o que pode ser feito para melhorar a rede de atendimento na cidade. Nossa intenção é aumentar a capacidade de articulação com poder público e sensibilizar cada vez mais a sociedade civil”, destaca Valéria.

 

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.