Prefeitura de Uberaba trata de demandas quanto manutenção das estradas rurais no período de chuvas

O vice-prefeito João Gilberto Ripposati e o secretário de Desenvolvimento do Agronegócio, Luiz Carlos Saad, se reuniram hoje (15) com o vereador Agnaldo Silva para tratar sobre demandas de manutenção das estradas rurais de Uberaba, buscando soluções para agilizar o trabalho necessário de manutenções antes do início do período letivo e do escoamento de safras, que vão aumentar o fluxo de trânsito.

Vice-presidente da Câmara e também representando a Comissão do Agronegócio, o vereador Agnaldo Silva explicou que a preocupação é principalmente com as estradas que possuem gargalos a serem resolvidos. “Viemos aqui conversar para que seja montada uma estrutura que possa revitalizar esses pontos críticos das estradas rurais até o início das aulas e do escoamento das safras. Entendo que esta é uma secretaria de suma importância ao município, porque o PIB do agronegócio é muito grande. Acredito que a gente tem que ter um carinho especial para com nossos produtores rurais”.

O secretário do Agronegócio destacou que índice pluviométrico foi maior que o esperado na região, e que a Sagri já possui todo o planejamento e os pontos identificados. “Precisaremos da agilidade e de colocar máquinas e equipes de trabalho nos trechos, que é o que vamos fazer daqui para frente, executando as urgências. Nas estradas ainda não estão passando as vans escolares e não foi colhida a safra, que será pós fevereiro, então é interessante observar que temos pouco movimento nas estradas”, pontua Luiz Carlos Saad.

Ele esclarece, além disso, que a preocupação da Prefeitura é que tudo esteja em ordem para quando o fluxo de circulação aumentar. “As regiões com mais demanda são em Santa Rosa, Serrinha e Baixa, e um pouco da região do Chapadão. Não são problemas graves, mas sim problemas pontuais e dentro da rotina prevista no período de chuvas, como atoleiro, excesso de chuva no mesmo local e dificuldades do escoamento de água. Queremos fazer tudo com rapidez para o fluxo não parar nenhuma estrada”.

O vice-prefeito ressaltou o trabalho na busca de soluções ágeis, e destacou que também está solicitando o apoio da Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Rio Grande (Amvale). “Temos que fazer com que a atenção também seja voltada com prioridade para as áreas rurais, e os convênios que já temos podem auxiliar nas demandas. Já estamos solicitando uma atenção à Amvale no sentido de nos apoiar com a disponibilidade de máquinas que completem o trabalho da Sagri, para suprir neste trabalho de manutenção.

Ripposati reforçou que é necessário o fortalecimento da Sagri, visto que o agronegócio é importante fonte do desenvolvimento econômico da região. “Temos que buscar sempre uma melhor estrutura para atender as demandas rurais. Por isso destacamos a importância do legislativo, das parcerias e convênios para que as melhorias e manutenções possam ser implementadas”.

Foto: André Santos

 

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.