Prefeitura de Uberaba vai orientar cidadãos sobre o Auxílio Emergencial nos CRAS

Quem tem dificuldades com o uso de internet ou dúvidas sobre o Auxílio Emergencial de R$600,00 do Governo Federal terá ponto de apoio da Prefeitura a partir desta segunda-feira (13). Por iniciativa do prefeito Paulo Piau, ação especial nos Centros de Referência a Assistência Social – CRAS do município vai oferecer orientações e tirar dúvidas a respeito do funcionamento do aplicativo e sobre o requerimento do auxílio. A parceria é da Secretaria de Desenvolvimento Social e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação.

O gerente da Sala Mineira do Empreendedor, Élder Árcega, reforça que o apoio da Prefeitura é para fins de orientação, e que não há nenhuma necessidade de ir no CRAS para fazer outros cadastros ou se a pessoa conseguir fazer o requerimento do auxílio em casa. O trabalho também vai ao encontro da proposta Grupo de Trabalho de Apoio ao Microempreendedor Individual (MEI), Microempresa (ME) e Empresa de Pequeno Porte (EPP), criado pelo prefeito Paulo Piau em Uberaba como resposta à epidemia de COVID-19. “O apoio é justamente para as pessoas que mais precisam e eventualmente não têm acesso à internet ou a um computador. Por isso orientamos que só procure o CRAS se houver estas dificuldades. O atendimento seguirá todas as recomendações de distanciamento social, limpeza e proteção necessária”, explicou Élder. 

Segundo o secretário de Desenvolvimento Social, Marco Túlio Cury, a parceria foi definida em reunião com equipe técnica da Seds e da Sedec, junto ao secretário José Renato Gomes para que o acolhimento fosse organizado da forma mais ágil possível para atender quem precisa. Com participação da chefe de departamento de Proteção Básica, Gabrielle Palvas, e o chefe de departamento de Gestão de Benefícios e Transferência de Rendas, Fernando Augusto, a reunião ajustou as questões técnicas para que na segunda-feira o atendimento já esteja disponível. 

Quem pode receber – O auxílio emergencial será concedido pelo governo federal aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados e todos os cadastrados do Bolsa-Família, que terão prioridade no pagamento. Pode solicitar o benefício o cidadão maior de 18 que atenda aos seguintes requisitos: estar desempregado ou exercer atividade na condição de Microempreendedor Individual (MEI); ser contribuinte individual da Previdência Social; ser trabalhador informal e pertencer à família cuja renda mensal/por pessoa não ultrapasse meio salário mínimo (R$ 522,50) ou a renda familiar total seja de até três salários mínimos (R$ 3.135,00). Quem já foi cadastrado no CadÚnico até dia 20 de março ou recebe o benefício Bolsa Família receberá o benefício automaticamente, sem precisar se cadastrar.

Fotos: Divulgação/Prefeitura de Uberaba

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.

Obrigado, Caros Leitores!

Nós da família do Luiz Renato Rodrigues da Cunha vimos através deste canal “Em Todas” agradecer a todos que procuravam diariamente se informar e compartilhar as matérias divulgadas pelo nosso saudoso colunista.

Agradecemos também o carinho demonstrado sempre ao nosso blogueiro imortal.

Foram anos de fidelidade, respeito e interatividade!

Sabemos que ele exerceu com brilhantismo sua capacidade de informar com transparência e imparcialidade, transmitindo alegria e entretenimento a seus leitores.

Chegou a hora de dar um até breve e jamais um adeus, pois acreditamos que um dia estaremos novamente com nosso ente querido.