« Postagens Antigas
Escolha uma Página

A medida é válida para alunos do Estado, que cursam o Ensino Fundamental de loteamentos onde não há escolas

Mediante a falta de vagas para todos os alunos dos novos bairros, implantados a partir de 2016, a Prefeitura Municipal de Uberaba celebrou parceria com algumas escolas estaduais para o atendimento de crianças e adolescentes dos referidos loteamentos cedendo o transporte escolar. Com o retorno às aulas das escolas estaduais, no próximo dia 7 fevereiro e diante compromisso assumido pelo município de oferecer o transporte aos alunos de ensino fundamental, matriculados nas escolas estaduais, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) informa que, embora as aulas da rede municipal estejam planejadas para iniciarem em 18 de fevereiro, o transporte escolar será disponibilizado.

Equipe da Semed buscou parceria com escolas estaduais, para atender aos alunos que residem nos bairros Anatê, Izabel do Nascimento, Ilha de Marajós, Jardim Marajó e Residencial Rio de Janeiro. Os estudantes dos bairros citados estão matriculados nas escolas estaduais Geraldino Rodrigues da Cunha, Felício de Paiva, São Benedito e Francisco Cândido Xavier.

Silvana Elias, secretária de Educação, admite que o prefeito, mesmo diante das dificuldades financeiras e estruturais que se agravaram nos últimos meses, tem dado prioridade ao atendimento à população.

Vale lembrar que o retorno do transporte para professores e estudantes do Ensino Médio que coabitam escolas da Rede Municipal, dependerá dos repasses do governo de Minas. Para a decisão sobre esse transporte, o município aguarda pronunciamento do governador Romeu Zema.

Quanto ao transporte de alunos do Ensino Técnico e Educação Superior, da zona rural para a cidade, o município não terá mais como atender em 2019, conforme documento encaminhado no final do ano passado às lideranças das comunidades.

Silvana lembra que o município não está impedido de atuar nas outras etapas da educação escolar, porém os investimentos têm que atender prioritária e plenamente os alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental. Diante da não liberação de recursos federais para a construção de Cemeis e Escolas nos novos loteamentos, Silvana Elias afirma que não é possível ao município atender a todos, por isso priorizará as crianças e adolescentes da Rede Municipal.

Foto: Neto Talmeli

 

Share This