Secretaria de Administração apresenta dados do RH da Prefeitura Municipal de Uberaba

Também foram apresentados o patrimônio e o estoque de materiais, além dos contratos vigentes

Na manhã desta quinta-feira (10), o prefeito Paulo Piau apresentou relatório da transição das áreas de Finanças, Recursos Humanos e Obras. O evento aconteceu no anfiteatro do Centro Administrativo com a presença do secretariado e integrantes da equipe de transição da futura administração municipal.

A primeira apresentação foi da área de Recursos Humanos. O secretário adjunto de Administração, Carlos Eduardo do Nascimento, apresentou a relação dos imóveis do Município que envolve, entre outros, prédios públicos e espaços urbanos (praças, lotes). Também foram relatados todos os contratos que estão em vigor e o vencimento de cada um.

O contrato de locação de veículos, equipamentos de rastreamento e monitoramento (R$ 195.650 mensais) encerra-se no dia 31 de janeiro e o de vigilância armada (R$ 11.388,88 mensais) em 3 de fevereiro do próximo ano. No entanto, segundo o secretário adjunto, todos os contratos foram aditivados em seis meses para que o próximo governo tenha tempo para decidir pela manutenção ou contratação de novas empresas para prestação dos serviços.

Carlos Eduardo apresentou comparativo sobre os estoques de material para uso da administração municipal. Segundo ele, quando o atual governo assumiu o primeiro mandato na Prefeitura havia R$ 281 mil 395,23 em itens para utilização de rotina e este ano a prefeita eleita, Elisa Araújo, receberá R$ 16 milhões 434 mil 597,72, suficiente, segundo ele, para abastecimento até abril.

A superintendente de Gestão Estratégica de Pessoas,Sandra Cláudia Capuzzo Barra, mostrou o quadro de pessoal da administração pública. No período de 2013 a 2020, o universo de servidores efetivos cresceu 37%, com a convocação de concursados, o que fez com que o quadro de comissionados fosse reduzido na mesma proporção.  Atualmente são 996 cargos comissionados. Destes, apenas 631 estão ocupados, sendo que uma parte são ocupados por efetivos.

Ela listou os benefícios oferecidos aos servidores municipais: regime estatutário, Plano de Carreira, Cargos e Salários (garante ganhos de 10% a cada cinco anos), plano de saúde, auxílio alimentação e regime próprio de Previdência.

Todas as despesas com pagamento de pessoal estão em dia, reforçou a Sandra Barra. A média mensal de investimentos em vencimentos dos servidores mais previdência e benefícios é de R$ 35 milhões/mensais. Desse montante, 60% têm como fonte recursos próprios e 40% vinculados.

Fotos: André Santos

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.