Secretaria do Meio Ambiente de Uberaba faz monitoramento de árvores com risco de queda

O secretário do Meio Ambiente, Carlos Messias, esteve na tarde desta segunda-feira (6) em todos os parques da cidade e em diversas ruas e avenidas com uma equipe, para um amplo monitoramento de demandas relativas a árvores com risco de queda. O levantamento apontou, em diversos locais, árvores mortas ou em condições precárias que representam risco.

Segundo o secretário, houve queda de árvore nos parques em decorrência da chuva da noite de sábado. Nos espaços também foi feito o levantamento de outros riscos. “Registramos uma queda de árvore no Parque Jacarandá e uma na Mata do Carrinho. Em ambos os locais as árvores já estavam com danos naturais e foram retiradas”, explica.

Carlos Messias pontua que o levantamento feito pela equipe apontou, nos parques e em diversos pontos da cidade, árvores no mesmo estado, em condições de extrema precariedade, além das que colocam residências em risco e que podem prejudicar a acessibilidade e mobilidade de pedestres. Em casos irreversíveis, para evitar transtornos e acidentes, devem ser feitas supressões.

“É importante destacar que, em contrapartida aos cortes, também há o planejamento para replantios de árvores na cidade. Faremos na sexta-feira uma nova verificação, junto ao prefeito e outros secretários, para apontar locais onde serão feitas reposições de árvores. O replantio nem sempre é possível no mesmo local, por questões do solo e de acessibilidade. Nos locais apropriados teremos o cuidado de plantar espécies adequadas, que minimizam os problemas ao ambiente”, ressalta Messias.

Curso de poda

Nesta quarta e quinta-feira acontecerá, também, o Curso de Podas no Centro de Educação e Tecnologia Ambiental (Ceta), na Univerdecidade. No treinamento os participantes terão teoria e prática sobre podas e supressões vegetais e o objetivo é formar novas equipes, que auxiliarão nas demandas executadas pela Secretaria de Serviços Urbanos.

 

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.