Uberaba – Agência Regional de Desenvolvimento avança em parcerias com universidades

A Agência Regional de Desenvolvimento Econômico do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba continua avançando em parcerias institucionais para projetos e estudos. O presidente da agência, prefeito de Uberaba, Paulo Piau, realizou reunião por videoconferência na quinta-feira (08) com reitores da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e do Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM). A agenda contou com participação do diretor executivo da Agência, Glauber Faquineli, de José Luiz, da Amvale, e do Sebrae, com o gerente regional Willian Rodrigues de Brito e o analista  Marcius Marques Mendes.

O Prefeito Paulo Piau explica que o objetivo da Agência é planejar e desenvolver estudos. São 10 eixos determinados que, segundo ele, estão inseridos no cotidiano das universidades. “Nossa reunião foi com três instituições públicas e federais que têm que, por obrigação, responsabilidade de interagir com este desenvolvimento regional. Foi uma videoconferência de altíssimo nível, de boa receptividade e de criar uma esperança nova sobretudo para um cenário pós Covid-19 e seus reflexos na economia”, destacou.

Segundo o prefeito e presidente da Agência, o próximo passo é assinar termo de cooperação técnica neste sentido, com o apoio do Sebrae, para avançar em pesquisas e elaboração de projetos a partir de diagnósticos já desenvolvidos. “Ao longo da caminhada as instituições filantrópicas e particulares também poderão aderir a esta cooperação por meio das pesquisas, bem como entidades de classe, empresas e a comunidade como um todo”, informou.

O diretor executivo da Agência, Glauber Faquineli, destacou que mesmo em tempos de restrições operacionais, o trabalho da Agência Regional segue firme sob a liderança do presidente Paulo Piau. “Este foi mais um passo importante no sentido de trazer para dentro da Agência a contribuição das universidades. Os reitores recepcionaram as ideias com entusiasmo e, com a assinatura da cooperação técnica, vamos dentro de estratégia regional e núcleos de trabalho partir efetivamente para o desenvolvimento de projetos”, contou.

Presidente relembra a trajetória da Agência, seus pilares e missões

Paulo Piau rememorou que a ideia da Agência Regional de Desenvolvimento Econômico do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba nasceu a partir do G70, grupo formado por 70 municípios da região que é uma das mais promissoras do País. “Esta entidade gestora do desenvolvimento econômico regional já está criada, tem CNPJ, e tem duas missões principais”, disse piau apontando para o desenvolvimento do setor produtivo, baseado em infraestrutura para suportar novos investimentos e para o eixo de trabalho voltado para investimentos.

“É compreender, por exemplo, o que Água Comprida e Cascalho Rico, as duas menores entre os 70 municípios, podem receber de novos investimentos do setor produtivo para gerar mais emprego e renda. E o que Uberaba e Uberlândia, as maiores, devem fazer neste conceito. É integrar 70 municípios, dos menores aos maiores, para que todos tenham oportunidade de crescer e desenvolver”, resumiu Paulo Piau.

Como presidente da Agência, Piau observou que o trabalho está absolutamente interagindo com as associações e consórcios microrregionais, que tem missões distintas. “Já temos um diagnóstico do Sebrae sobre a economia da região, como temos um levantamento das prefeituras com a ideia central das prioridades de cada uma. Já estamos em uma caminhada bem avançada, e esta é a hora de envolver as universidades, onde está a inteligência”, encerrou.

Fotos: Divulgação/Prefeitura de Uberaba

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.