« Postagens Antigas
Escolha uma Página

Hoje funcionando em tímidas instalações anexas ao CAIC, a UBS será a maior de Uberaba com a reforma do imóvel  

 

O presidente da Câmara Municipal de Uberaba, vereador Ismar Vicente dos Santos “Marão” (PSD) visitou, na manhã desta segunda-feira (4), as obras da nova sede da Unidade Básica de Saúde (UBS) Doutor Inimá Baroni, localizada no bairro Boa Vista. A construção, com área de 800 m² e início de funcionamento previsto para próxima quarta-feira (6), será a maior UBS da cidade.

O vereador afirmou que a instalação da unidade de saúde atende à reivindicação dos moradores e resolve, também, outro problema: a desativação da Casa de Passagem, o antigo Albergue Municipal. “O Albergue já não servia mais. As pessoas vinham e dormiam aqui, mas, durante o dia, praticavam pequenos furtos nas redondezas”, explicou.

Ismar destacou que a iniciativa é uma demanda defendida por ele no início do mandato e que a reforma do prédio e a transferência da UBS só foi possível pelo trabalho conjunto dos Poderes Executivo e Legislativo.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Iraci Neto, a unidade beneficiará cerca de 20 mil pessoas. “Todos os serviços que estavam em funcionamento no Caic (Centro de Atenção Integral a Criança) serão mantidos, agora, com melhores condições, qualidade e conforto”, assegurou.

Dentre os serviços que serão oferecidos estão consultas com clínico geral, ginecologistas, psicólogos e assistência farmacêutica, além de atividades de prevenção e promoção à saúde. A UBS contará também com sala de apoio a equipes do Centro de Endemias e Zoonoses.

O valor total da obra é de R$329.863,74, garantidos por meio de emenda parlamentar do deputado federal Marcos Montes (PSD).

URS Boa Vista.   “Marão” visitou também a Unidade Regional de Saúde Terezinha das Graças Girão de Carvalho (URS – Boa Vista), situada na Vila Arquelau. Desde outubro, o vereador solicita a poda das árvores do local. Em obras desde o ano passado, ele cobrou, também a conclusão do serviço.

De acordo com o parlamentar, a região tem sido alvo de andarilhos que instalam moradias improvisadas na calçada. “A população entende e agradece que a reforma oferecerá melhor atendimento. O que não estamos aguentando mais são essas árvores. Isso causa temor à população que sai de madrugada e chega à noite”, justificou.

Na ocasião, o vereador entrou em contato com a Secretaria de Serviços Urbanos e Obras (Sesurb), que informou que a poda das árvores será realizada, no máximo, em duas semanas.

Desde maio do ano passado, os atendimentos da URS Terezinha Girão estão sendo realizados na URS Nídia Modesto Veludo, anexa ao Hospital Regional no bairro Mercês.

Foto: Rodrigo Garcia

 

Share This