« Postagens Antigas
Escolha uma Página

Duas empresas uberabenses foram beneficiadas com a doação de áreas públicas e concessão de estímulos. Os projetos, de autoria do Poder Executivo, foram aprovados na manhã desta segunda-feira (18) durante sessão realizada no plenário da Câmara Municipal de Uberaba (CMU).  

A microempresa “Fardas Uniformes Profissionais Ltda”, que atua no mercado de confecção de uniformes industriais, foi a primeira contemplada. Será concedido ao empreendimento área de 5.775,55m² localizada no Distrito Industrial II. O investimento estimado é de R$5 milhões. Serão gerados 104 empregos diretos e 175 indiretos.

Em contrapartida, o município receberá repasse de 40% do valor total da área, o que corresponde a R$106.015,92, dividido em 36 parcelas de R$2.944,88. Não haverá cobrança do IPTU por um período de 2 anos, podendo ser prorrogado por mais 4 anos. Será concedida, também, a isenção do recolhimento de ISSQN – Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza conforme o cronograma de obras.

O secretario de desenvolvimento econômico, José Renato Gomes, acompanhou a votação e destacou a importância da aprovação do projeto para a ampliação do empreendimento.  

O proprietário, Arnaldo dos Santos Júnior, agradeceu o apoio dos parlamentares e fez um breve relato dos feitos e conquistas do negócio.

A segunda beneficiada foi a empresa de pequeno porte “Sanioto Construções Eireli”, que atua com a prestação de serviços de engenharia e construção civil. A instituição manifestou interesse em investir em área de 2.566,26 m² localizada no Distrito Industrial 4. A estimativa de investimento é de R$ 500 mil gerando 30 empregos diretos e 200 indiretos.

Deverá ser repassado ao município, em contrapartida, 50% do valor total da área, o que corresponde a R$78.142,61 divididos em 36 parcelas de R$2.170,63. Será concedida a isenção de IPTU pelo período de 5 anos e não será recolhido o ISSQN, conforme cronograma de obras.

O proprietário da construtora, Amaro Sanioto, agradeceu a oportunidade e salientou que a empresa é uma das vencedoras da licitação para a reforma dos prédios da CMU.

Fotos: Rodrigo Garcia/CMU

 

 

 

Share This