« Postagens Antigas
Escolha uma Página

Secretário adjunto da Semam visitou Brumadinho e comentou sobre as dimensões do impacto ambiental

 

A Prefeitura de Uberaba foi representada em Belo Horizonte, nesta terça e quarta-feira, pelo secretário adjunto de Meio Ambiente, Marco Túlio Prata, em reunião conjunta dos fóruns Nacional e Mineiro de Comitês de Bacias Hidrográficas. Segundo ele a reunião foi pautada, entre os importantes assuntos, para a gestão de recursos hídricos, em discussões sobre o desastre do rompimento da Barragem do Córrego Feijão, em Brumadinho-MG.

“Esse desastre, além da triste perda de vidas humanas, tem impacto incalculável na Bacia do Rio Paraopeba, importante afluente do Rio São Francisco. Tivemos oportunidade de visitar Brumadinho e ver de perto um dos locais atingidos pela lama de rejeito da mineração e também o Rio Paraopeba, totalmente afetado. As imagens na TV são fortes, mas ver de perto nos dá a dimensão do estrago e das décadas que serão necessárias para a recuperação daquela região”, constatou o secretário adjunto da Semam.

Segundo ele, a diretoria geral do Instituto de Gestão de Água de Minas Gerais, fez uma apresentação com todos os monitoramentos e ações da Secretaria de Estado de meio Ambiente até o momento. Até o último final de semana, o monitoramento da pluma de rejeitos que se desloca na água já havia atingido 123 quilômetros rio abaixo, e os monitoramentos seguem sendo feitos diariamente. Os fóruns Mineiro e Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas elaboraram moções a serem apresentadas ao Estado, trazendo providências que entendem como necessárias para o momento.

Fotos: Divulgação/PMU

 

 

 

Share This