Uberaba – Hospital Regional informa morte de 7º paciente de Manaus

Morreu na manhã deste sábado (6), no Hospital Regional de Uberaba, o paciente de Manaus, W. A. R, 32 anos.

O paciente estava com 90% de comprometimento pulmonar e esteve na UTI desde a admissão, fazendo uso de máscara de reservatório de O², sem necessitar de ventilação mecânica. Foi diagnosticado, durante a internação, com hipertensão arterial sistêmica de difícil controle e doença renal crônica, necessitando de hemodiálise.

Também apresentou anemia importante, realizando transfusões de sangue. W. A. R. apresentava, com frequência, episódios de desconforto respiratório associado a dispnéia durante crises de ansiedade, mesmo com vigência de medicações para controle do quadro.

Foram adotadas medidas de resgate tendo sucesso na estabilização do paciente. Na manhã de hoje (6), durante um episódio semelhante a este descrito, o mesmo evoluiu para uma parada cardiorrespiratória (PCR), sendo realizada manobras de ressuscitação cardiopulmonar (RCP) conforme protocolo do ACLS. Entretanto, o paciente não resistiu, tendo o óbito constatado. 

A equipe de assistência do Hospital Regional de Uberaba já informou a família e deu início aos trâmites para o translado do corpo.

Seguem internados no HR, três pacientes manauaras. Um na Unidade de Terapia Intensiva, intubado, mas estável. Dois na enfermaria, sendo um estável e outro com quadro de melhora clínica.

Fotos: Divulgação/Prefeitura de Uberaba

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.

Obrigado, Caros Leitores!

Nós da família do Luiz Renato Rodrigues da Cunha vimos através deste canal “Em Todas” agradecer a todos que procuravam diariamente se informar e compartilhar as matérias divulgadas pelo nosso saudoso colunista.

Agradecemos também o carinho demonstrado sempre ao nosso blogueiro imortal.

Foram anos de fidelidade, respeito e interatividade!

Sabemos que ele exerceu com brilhantismo sua capacidade de informar com transparência e imparcialidade, transmitindo alegria e entretenimento a seus leitores.

Chegou a hora de dar um até breve e jamais um adeus, pois acreditamos que um dia estaremos novamente com nosso ente querido.