« Postagens Antigas
Escolha uma Página

O Instituto de Previdência do Servidor Municipal de Uberaba (Ipserv) já atingiu a meta de rentabilidade do ano, em aplicações financeiras. Até setembro, a rentabilidade acumulada em 2019 foi de 9,77%. De acordo com o superintendente administrativo e financeiro do Ipserv, João Paranhos Júnior, a meta estipulada para o Instituto era o IPCA + 6%, o que daria aproximadamente 9,5% de rentabilidade.

O IPCA é o Índice de Preços ao Consumidor Amplo, medido mensalmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e é a taxa utilizada pelo governo para medir a inflação.

“Temos a resolução  4.604 de 19/10/2017 do Banco central que determina limites de aplicação em cada investimento nos RPPS renda fixa, renda variável, fundo imobiliário, multimercados entre outros. Atualmente estamos com 9,77% de rentabilidade seguindo esses parâmetros, até setembro. Isso foi atingido pela mudança de perfil na carteira [de investimentos], saímos de um perfil bastante conservador, só aplicando em renda fixa, para  aplicarmos parte desse patrimônio líquido em renda variável, devido à necessidade de melhores retornos já que a Selic em 5,5% ao ano inviabiliza mantermos 100% dos investimentos em renda fixa.    Com  a relação risco x retorno  bem analisada, conseguimos atingir a meta já em setembro”, explica Paranhos.

Déficit. Com isso, os meses de outubro, novembro e dezembro são oportunidade para exceder a meta, que segundo o superintende é importante para diminuir o déficit atuarial do Instituto de Previdência. A expectativa para o último trimestre de 2019 é positiva. “Vamos manter nossa carteira nesse perfil conservador moderado, a fim de que a gente consiga uns 2 a 3% a mais de rentabilidade. Se isso acontecer, vamos ter uma rentabilidade em torno de 13% no ano, que é excelente”, destaca.

Foto: Reprodução/Divulgação

 

You have Successfully Subscribed!

Share This