Uberaba – Luiz Guaritá abre processo contra candidato Thiago Mariscal por invasão

A invasão consumada pelo vereador e candidato a prefeito Thiago Mariscal (PSC), durante a madrugada do dia 30 de setembro, em condomínio fechado e também na propriedade do presidente da Codau, Luiz Guaritá Neto, localizado em Rifaina (SP), está sendo apurada pela polícia civil daquele município e irá gerar ações criminais e cíveis.

As testemunhas foram arroladas para comprovar o crime de invasão e prestaram depoimentos atestando o fato ocorrido no condomínio Águas de Jaguara. O boletim de ocorrência é o de número 193/2020 e registrado com a presença de duas testemunhas. Os caseiros declararam que o vereador se passou por amigo de Luiz Neto para invadir a casa e realizar filmagens, estando naquele momento completamente alterado. Ação foi política e visava objetivos exclusivos de denegrir a imagem do dirigente da Codau. Luiz Neto não se encontrava na propriedade no dia da invasão.

A investigação criminal está em curso e o vereador será responsabilizado em dois processos. Um na esfera criminal por invasão de propriedade e outro no âmbito civil, em que irá responder ação de reparação por danos morais. O advogado Marcelo Cordeiro é quem acompanha o caso.

Guaritá se disse pouco surpreso com o comportamento do candidato, mas assegura que esse tipo de atitude é crime e que haverá consequências para o vereador. “Política não se faz com bravatas, nem com populismo, muito menos invadido direitos sagrados do cidadão”.

Foto: Ascom/Codau

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.