Uberaba – Marcos Jammal propõe construção e reforma de moradias para população carente em situação de risco

O vereador Marcos Jammal levou para discussão nessa quarta-feira (24) o Projeto de Lei que prevê a construção e a reforma de moradias para a população de baixa renda e, que se encontra em situação de risco em Uberaba.

O PL prevê que o benefício seja concedido pelo município, através de orçamento próprio, para construções, reformas, reparos e ampliações de, no máximo, cinquenta metros quadrados.

No entanto, houve parecer de inconstitucionalidade e, com isso, o vereador optou por transformar o PL em requerimento, o qual foi assinado por todos os vereadores da Casa.

Marcos Jammal acredita que a prefeita Elisa Araújo possa encampar essa proposta e atender muitas famílias de baixa renda, que moram em imóveis em situação de risco.

De acordo com o vereador, a iniciativa visa atender famílias carentes,  cuja soma da renda de seus membros não exceda dois salários-mínimos e, que a situação socioeconômica não lhe permita arcar total ou parcialmente com os custos da construção ou reforma do imóvel. Além disso, o beneficiado deve morar, no mínimo, três anos na cidade e, ter a posse do imóvel que receberá as melhorias.

Conforme o vereador, a população sofre cada vez mais com o desemprego e, com a redução salarial. O PL vem socorrer estas pessoas, que também vivem em condições precárias, em imóveis que necessitam de reformas. “Com este intuído, nós levamos este projeto para discussão, mas com o parecer, decidimos transformá-lo em requerimento, para que o Executivo possa apresentar uma proposta nos mesmos moldes”, justificou.

Segundo ele, o objetivo é fazer com que o município possa contribua com as pessoas mais carentes na reforma, construção ou até mesmo com materiais para construção, proporcionando uma habitação mais digna para as pessoas.

Pelo PL, a concessão do benefício habitacional deve seguir uma ordem preferencial e para o deferimento, é necessário laudos de profissionais da administração municipal, da área de assistência social, engenharia. Deve ainda conter laudo da Defesa Civil do que confirme, de fato, a necessidade de construção ou reforma da moradia.

De acordo com Marcos Jammal, famílias que se encontram em situação de risco pessoal e social por motivo de moradia inadequada, com estrutura comprometida ou localizada em áreas de risco, dentre outras condições dentre outras condições análogas a poderão ser beneficiadas, caso seja aprovado um projeto neste sentido.

Além disso, a proposta contempla a oferta de materiais de construção para pequenos reparos de moradias, com vistas a atender família que tenha disponibilidade de oferta de mão de obra e se responsabilize pelo serviço. Concede ainda apoio de engenharia civil, prestados pelo município, antes e durante o processo de construção, reforma, reparo ou ampliação de moradia.

Fotos: Rodrigo Garcia

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.

Obrigado, Caros Leitores!

Nós da família do Luiz Renato Rodrigues da Cunha vimos através deste canal “Em Todas” agradecer a todos que procuravam diariamente se informar e compartilhar as matérias divulgadas pelo nosso saudoso colunista.

Agradecemos também o carinho demonstrado sempre ao nosso blogueiro imortal.

Foram anos de fidelidade, respeito e interatividade!

Sabemos que ele exerceu com brilhantismo sua capacidade de informar com transparência e imparcialidade, transmitindo alegria e entretenimento a seus leitores.

Chegou a hora de dar um até breve e jamais um adeus, pois acreditamos que um dia estaremos novamente com nosso ente querido.