« Postagens Antigas
Escolha uma Página

Cirurgião plástico é reconhecido como “Mãos de ouro do Brasil”

O Memorial Chico Xavier receberá, neste sábado (23), a partir das 18h, cerimônia de honraria ao Dr. Odo Adão, concedida pela Academia de Letras do Brasil-ALB, Seccional de Uberaba-MG. A homenagem será entregue ao médico cirurgião plástico Dr. Odo Adão, com o “Diploma Honorífico Causas Imortais”, pelos relevantes serviços prestados à sociedade uberabense, em especial por seu trabalho desenvolvido através da medicina.

O presidente da Fundação Cultural de Uberaba, professor Antônio Carlos Marques, fala sobre a importância do Doutor Odo para medicina. “Ele se tornou um médico de renome internacional sendo considerado um dos melhores profissionais da área médica em cirurgia plástica no Brasil e no mundo. Para mim, como negro, o doutor Odo é uma das pessoas na qual sempre me espelhei, seguindo seus exemplos de superação”, declara Antônio Carlos pontuando, também, que a atuação de Doutor Odo Adão mudou o sentido da cirurgia plástica no Brasil.

O cirurgião plástico de renome nacional e internacional luta incansavelmente para fazer de sua história de superação um exemplo para outras pessoas, mas, principalmente, à comunidade negra. Nasceu em Erial, “lugarejo de uma fazenda”, no município de Conquista-MG, onde fora registrado em 18 de setembro de 1935. Odo Adão mudou-se aos nove anos Uberaba e adotou esta cidade como ponto de partida para conquistar o reconhecimento mundial.

Trabalhou como sapateiro, faxineiro, enfermeiro prático, funções que o permitiram desenvolver habilidades manuais pertinentes ao caminho que ele seguiu na medicina. “A estética é só um volume da plástica e as pessoas ignoram a parte reparadora”, declara Doutor Odo.

Odo Adão é membro-examinador da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e guarda em sua sala uma parede repleta de homenagens e prêmios por suas contribuições à educação, à medicina e à comunidade negra.

Além de atuar como cirurgião plástico e fundador do curso de Residência em Cirurgia Plástica em Uberaba, foi um dos fundadores do Elite Clube de Uberaba e do Centro Nacional da Cidadania Negra (Ceneg), em favor da luta pelo povo negro da cidade.

“Quando nasci, meu avô me levou em Santa Maria do Brasil, onde fui batizado numa cerimônia informal e Odo significa ‘direção, caminho’“, finaliza o médico.

A cerimônia será aberta e o Memorial Chico Xavier fica na Av. João XXIII, 2011, no Parque das Américas.

Fotos: Reprodução

 

 

 

You have Successfully Subscribed!

Share This