Uberaba – Para garantir volta de repasses, UPA São Benedito terá de passar por adequações

O secretário Sétimo Bóscolo e a equipe técnica da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) estiveram, hoje (2), na Unidade de Pronto Atendimento São Benedito. Eles se reuniram com o gerente de Apoio de Saúde da Funepu, Antônio Cassemiro, para dar andamento ao projeto de melhorias estruturais da unidade. Isso permitirá o retorno de repasse por parte do Governo Federal, que havia sido suspenso no final do ano passado, devido a não execução dessas melhorias. A Prefeitura está custeando a UPA São Benedito até que este imbróglio seja resolvido.

Segundo o secretário, a Prefeitura tem até maio para resolver o problema. De acordo com as informações, essa questão se arrasta desde 2018, com alguns pontos sendo atendidos e outros, não. A adequação necessária para a continuidade do repasse diz respeito à adaptação dos leitos de emergência, da área de guarda de macas e cadeiras de roda, pontos de gases medicinais operacionais nos leitos existentes, serviço de hemoterapias, além de questões que envolvem alvará sanitário.

O valor suspenso pelo Ministério da Saúde diz respeito ao repasse mensal de custeio da unidade, no valor R$ 300 mil. Ainda conforme Sétimo Bóscolo, a Funepu recebeu o montante de mais de R$ 800 mil em dezembro para investimento e será utilizado para esse fim. “São recursos de várias origens, inclusive de Covid, visto que lá tem esse atendimento. Também definimos que vamos aproveitar o momento para fazermos ajustes maiores, visando ao conforto da população que busca atendimento”, destacou Bóscolo.

Da parte da Funepu, a contratação de profissionais para elaboração do projeto será imediata. Antes da execução, o projeto é submetido à análise da Visa Estadual. Nessa etapa, segundo o secretário, junto à prefeita Elisa Araújo, farão um trabalho com o governo de Minas, visando agilizar os procedimentos.

Fotos: Divulgação/Prefeitura de Uberaba

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.