Uberaba – Prefeita participa de reunião com governador Romeu Zema

Durante o encontro realizado de forma remota foi anunciada a imposição da Onda Roxa em todo o Estado de Minas Gerais

A prefeita de Uberaba, Elisa Araújo, participou de reunião on-line com o governador Romeu Zema e mais de 90 prefeitos do estado de Minas Gerais. O encontro foi para anunciar a inclusão de todo o estado na Onda Roxa, do “Minas Consciente”. O objetivo da medida é restabelecer a capacidade de atendimento hospitalar e preservar a rede de Saúde dos 853 municípios das 14 regiões do Estado. Segundo informações do Estado, a Onda Roxa será decretada a partir desta quarta-feira (17) e segue até o dia 31 de março.  

“Se nós não fizermos isso, amanhã mais pessoas vão perder a vida. Isso é para manter o sistema de saúde com as mínimas condições que ele já não tem mais”, afirmou o governador Romeu Zema.

No dia 6 de março, o governador, junto ao Comitê Extraordinário Covid-19, anunciou aos prefeitos, por meio de reunião virtual, a inserção das 27 cidades que integram a macrorregião do Triângulo Sul, na Onda Roxa, incluindo Uberaba. Desde então, a cidade cumpre medidas restritivas de circulação.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, a desassistência e taxa de ocupação de leitos; taxa de incidência e surtos; taxa de óbitos e taxa de distanciamento social são critérios importantes para a inserção das cidades na Onda Roxa.  

Durante a reunião, o governador abriu a palavra para que a prefeita Elisa falasse aos prefeitos sobre a situação de Uberaba na Onda Roxa. “Uberaba, há uma semana, já enfrenta a Onda Roxa. São dias muito difíceis para nós gestores. Como eu comentei com o senhor, governador, quando eu estive aí, a gente que está na ponta, realmente, sofre a aplicação de qualquer medida. É importante a gente aproveitar e contribuir com os outros municípios”, explicou a prefeita.

Elisa compartilhou com os prefeitos a medida da abertura das Unidades Básicas de Saúde aos finais de semana para conter a circulação de pessoas contaminadas. Ponto que considera fundamental no enfrentamento. “Nós temos duas Unidades de Pronto Atendimento e quando a gente abre as Unidades Básicas de Saúde, a gente evita que as pessoas contaminadas andem pela cidade. No último fim de semana, no sábado e domingo, com a abertura das unidades de saúde, evitamos que 70 pessoas com síndrome gripal, sendo 14 positivadas com a Covid, circulassem na cidade” enfatizou.

A líder do Executivo aproveitou a ocasião para questionar sobre a indicação do Estado em relação ao funcionamento das atividades religiosas e  sobre as barreiras sanitárias, uma vez que Uberaba possui 80 tipos de acessos à cidade. Atualmente, duas barreiras sanitárias estão em funcionamento sendo no aeroporto e na rodoviária.

“Sobre as barreiras, vamos divulgar as orientações nos próximos dias. Sobre as questões religiosas, não podemos legislar sobre elas, estão protegidas pela Constituição Federal. Assim, vai continuar, mas é importante seguir os protocolos e o distanciamento. Então, se vai ter reunião nas igrejas, que sigam todos os protocolos de distanciamento, de quantidade de pessoas por metro quadrado. Nós vamos disponibilizar os protocolos da Onda Roxa, mas essa é a orientação que temos por agora”, informou o chefe de Governo, João Pinho.

Além dos mais de 90 prefeitos do Estado, do governador de Minas Gerais, Romeu Zema, e do chefe de Gabinete de Saúde, João Pinho, participaram ainda o secretário de Saúde, Fábio Baccheretti e o secretário de Estado de Governo, Igor Eto.

Fotos: André Santos

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.