Uberaba – Prefeito recebe entidades para discussão sobre construção de heliponto junto ao HC

Buscando viabilizar a construção de um heliponto para atender principalmente ao helicóptero “Águia” do Corpo de Bombeiros de Uberaba, junto ao Hospital das Clínicas, o prefeito Paulo Piau recebeu, em seu gabinete, nesta quarta-feira (04), grupo de membros de instituições representativas de diversos segmentos, capitaneadas pela Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra – Adesg.

Na pauta, além da construção do heliponto, o grupo apresentou projeto para construção de três andares para receber o helicóptero, com acesso direto ao interior do Hospital das Clínicas.  E ainda, para parte da rua Frei Paulino, seja para entrada exclusiva tanto do Pronto Socorro, quanto do Ambulatório Maria da Glória.

O prefeito Paulo Piau afirmou que acionará os setores da PMU para realização de estudos para a viabilidade desse empreendimento. Ele considera a ideia importante e necessária porque é a celeridade no atendimento que determina vida e morte. “O heliponto junto ao Hospital Escola significa diminuir traumas e tempo de socorro, salvar vidas. Para cada etapa de transporte desse acidentado, um novo trauma pode ocorrer, piorando sobremaneira sua condição, de acordo com dados do Corpo de Bombeiros”, pontua.

O comandante do 8º Batalhão de Bombeiros Militar em Uberaba, tenente-coronel BM Anderson Passos de Souza explicou que 84% das pessoas que sofrem traumas, como acidentes de trabalho, de trânsito, morrem na primeira hora após o acontecido. Portanto, acrescenta a ideia de construir o heliponto junto Hospital das Clínicas (que atende a esses traumas) aumentando a chance de sobrevivência das pessoas, reduzindo ainda a possibilidade de lesões e as morbidades.

Foram representadas na reunião 26 instituições, dentre elas Aciu, CDL, IEATM, que, segundo o adesguiano Antônio José Bessa Ferreira levaram ao prefeito um pleito apresentado pelo Corpo de Bombeiros e amplamente discutido. O heliponto atenderá toda a região, já que sua abrangência vai além das fronteiras de Uberaba.

O aproveitamento de parte da rua Frei Paulino para atender melhor o acesso do HC e ambulatório Maria da Glória  é um antigo pleito da UFTM. Porém de acordo com a superintendente do HC, Ana Lúcia de Assis Simões a motivação sempre foi a melhoria da segurança do transporte, tanto dos pacientes que chegam, mas da comunidade acadêmica e servidores também. Ainda, segundo ela, deverá oferecer aos familiares e acompanhantes dos pacientes do PS e ambulatório maior conforto e segurança. “A possibilidade do heliponto vem somar ainda mais os esforços no sentido de propiciar maior rapidez a esse paciente vítima de traumas, porque minutos fazem toda a diferença entre a vida e a morte”, disse.

Fotos: Marco Aurélio Cury

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.