« Postagens Antigas
Escolha uma Página

Primeira etapa será apenas para cães machos, mas cadastro valerá para ações futuras

Balanço do Departamento de Controle de Zoonoses e Endemias mostra saldo positivo da procura pelo cadastro para castração de cães e gatos de Uberaba. Segundo dados do Departamento, até o dia 8 de março, foram realizados 710 cadastros, sendo 266 cadelas, 170 gatas, 183 cães e 86 gatos.

Na primeira etapa do programa serão castrados cães machos pelo método farmacológico. Na segunda etapa serão realizadas castrações cirúrgicas para cadelas e gatas. A castração farmacológica foi recomendada pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) em parecer enviado para a Prefeitura, desde que acompanhada da castração de fêmeas e de ações de educação sanitária para a guarda responsável.

Lara Rocha Batista, chefe do Departamento de Controle de Endemias e Zoonoses, destaca que o manejo populacional é importante para resolver problemas como a superpopulação de animais abandonados nas ruas, sujeitos a maus tratos, envolvendo-se e/ou provocando acidentes de trânsito ou agredindo (mordeduras), além de promover a guarda responsável dos animais. “Além disso, eles acabam prejudicando a limpeza urbana ao destruírem sacos de lixo em busca de alimento e por defecarem em vias públicas, participando da cadeia de transmissão de zoonoses, o que representa um risco para a saúde pública”, explica Lara.

Cadastro – Os animais devem estar em boas condições de saúde e terem entre 4 meses e 7 anos de idade. Os tutores serão responsáveis por cadastrar o animal, deslocá-lo para realização do exame pré-operatório e do procedimento de castração, bem como pelo pós-operatório. Os cadastros podem ser realizados por formulário eletrônico no endereço http://www.uberaba.mg.gov.br/portal/conteudo,45742 ou via telefone no 3315-4173 ou 3317-4655. Os telefones também estão disponíveis para o esclarecimento de dúvidas sobre os procedimentos. Todos os animais castrados serão identificados por meio de implantação de microchip.

Fotos: Divulgação/PMU

 

Share This