Uberaba – Sagri presta assistência técnica a produtores de aves e suínos no Município

O Departamento de Produção Agropecuária da Secretaria Municipal do Agronegócio tem desenvolvido trabalho para prestar assistência técnica aos pequenos produtores rurais da região. O diretor, José Geraldo Celani, coordenador da equipe, destaca o trabalho que vem sendo realizado no Sítio Nossa Senhora da Abadia, na região da Mata da Vida, dentro da Bacia do Rio Uberaba. O avicultor e suinocultor Marcos Furtado, está ampliando seu criatório de frangos para corte, aves de postura (ovos), além de suínos e realização de compostagem na propriedade.

Segundo a professora das Faculdades Associadas de Uberaba (FAZU), especialista em criação de frangos e técnica da Sagri, Renata Serafim Furtado tem visão de grande produtor, o que permite desenvolver trabalho bem amplo. No local são prospectadas 200 aves para produção de carne de frango, 200 galinhas Label Rouge para produção de ovos, além dos porcos para consumo interno e venda em pequena escala.

Para otimizar a área, os técnicos da Secretaria do Agronegócio elaboraram projeto dividindo o piquete para que as aves possam expressar ao máximo o potencial de postura, com bem-estar, tendo o conforto térmico, através dos “sombrites”  instalados no local. O agrônomo Fábio Teixeira Lucas informou que esses cuidados refletem na produtividade porque as aves desfrutam de um ambiente mais apropriado, valorizando mais o seu produto, agregando mais valor em função do sistema de produção com frango caipira.

Renata Serafim lembra que está comprovado através de pesquisas que o fato de a ave ciscar, comer milho, insetos, frutas e verduras, constantemente ofertadas, levam à coloração diferenciada dos ovos, por exemplo, com  a gema mais amarelada,  que é característica e a diferença do frango caipira em relação ao animal de granja.

Fábio Lucas também destaca que o produtor tem uma pequena horta e quer ampliá-la. “Já tem área reservada para isso e os restos de verduras eventualmente existentes serão aproveitados na compostagem, para a qual o produtor já recebeu treinamento da Sagri.

Para fazer adubo orgânico são misturados resíduos das aves e dejetos dos suínos com folhas secas e restos de verduras. Marcos Furtado também ganha dos seus vizinhos restos de folhas e legumes que iriam para o lixo.  “Ao invés de apodrecer na Ceasa e em outros locais são utilizados antes que a decomposição produza gases como o metano”, disse.

Muito satisfeito com o trabalho, o produtor destacou que os profissionais da Sagri são capacitados, levando com propriedade todas as alternativas técnicas para melhoria da produção e, dessa forma, permitir agregar mais valores ao produto. Os técnicos recolheram amostras de terra, mediram, fizeram projeto de instalação pertinente, com as necessidades específicas daquele daquela propriedade. 

Um ponto destacado pelo avicultor e suinocultor é a possibilidade de utilizar os tratores da Prefeitura que, por serem subsidiados, tem custo bem mais em conta, ajudando nas reformas de pastagens, curvas de nível, gradagem, elevação dos canteiros, perfuração de poços e tanques para peixes.

Uma prática que chamou a atenção de Marcos foi a possibilidade de ter acesso a outras propriedades, permitindo conhecer ‘cases’ de sucesso e compartilhar experiências. “São locais onde os projetos já estão mais adiantados na execução, nos permitindo perceber a maneira que o trabalho evolui e os resultados na prática”, disse.

O diretor do Departamento de Produção Agropecuária destacou que com a contratação da zootecnista Renata Serafim, especialista em avicultura, aumentam as possibilidades de desenvolver quantidade maior de projetos.  Ele cita nessa área trabalhos que estão sendo realizados em propriedades ao longo da BR-050, especialmente na agricultura familiar. 

“É dever da Secretaria ir para o campo e oferecer assistência ao produtor dentro do leque de opções que existem, seja na avicultura como na  horticultura, lavoura, manejo, criação de gado de leite e de corte, suínos, etc”, afirmou Celani. Ele conclui dizendo que qualquer produtor poderá solicitar assistência à Sagri, com orientações e projetos. Para tanto, basta entrar em contato pelo 3318-0443. 

Fotos: Divulgação/Prefeitura de Uberaba

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.