A Prefeitura de Uberaba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), intensifica as ações educativas nas salas de espera e grupos terapêuticos em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) em celebração ao Janeiro Branco. A campanha busca enfatizar a importância da prevenção e cuidado da saúde mental, além de reforçar a divulgação sobre as alternativas de cuidado  saúde mental  e os serviços oferecidos na Rede.

Durante todo o mês, haverá mobilização dos pacientes já atendidos nas UBSs, além do Serviço Intermediário de Atenção Psicossocial (SIAP) e os quatro Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) para multiplicação junto as suas famílias e comunidades sobre a importância do cuidado durante todo o ano, conta Sérgio Marçal, diretor de Atenção Psicossocial da SMS. “É uma mensagem de vida, pensando que o foco do Janeiro Branco é a promoção de saúde mental e o convite para as pessoas para o cuidado, evitando agravos e procedimentos mais invasivos como internações e  atendimentos de urgência e emergência nas UPAS, devido à desassistência ou adesão inadequada a tratamento”, ressalta Marçal. 

As atividades do Janeiro Branco 2020 culminam na mesa redonda “Trabalho e Vida: do adoecimento e desgaste à cura, o que pode o amor”, no dia 22 de janeiro, às 9 horas, no auditório do Centro Administrativo da Prefeitura de Uberaba. Os palestrantes serão o psiquiatra Jorge Bichuetti e a psicóloga Sandra Pimenta. Após a Mesa, haverá relato de vivência com Danielle Furtado de Oliveira, terapeuta integrativa com o tema “A espiritualidade como ferramenta complementar aos cuidados em saúde mental”. O evento é aberto a todos os servidores e população em geral.

A rede de atenção psicossocial em Uberaba

A rede pública de Uberaba conta com diversos dispositivos de acolhimento e tratamento em saúde mental na rede pública de saúde de Uberaba, em todas as esferas de atenção: Matriciamento em Saúde Mental na Atenção Básica, com capacitação de todos os membros das Equipes de Saúde da Família para busca ativa, acolhimento e atendimento de demandas de saúde mental de baixa complexidade na Atenção Básica; atendimentos ambulatoriais especializados ofertados através do Serviço Intermediário em Saúde Mental – Dr. Francisco Mauro Guerra Terra, para casos de média complexidade; atendimento psiquiátrico nas Unidades Regionais de Saúde (URSs); quatro Centros de Atenção Psicossocial voltados para os casos graves; duas enfermarias de psiquiatria para urgências e emergências psiquiátricas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) São Benedito; oferta de suporte hospitalar, com leitos para situações de urgência/emergência; e quatro residências terapêuticas.

Fotos: Reprodução/Divulgação