Uberaba – Secretário do Agronegócio recebe comitiva chinesa interessada em importação de alimentos

Comitiva do governo chinês esteve em Uberaba, em missão oficial na última semana para conhecer os potenciais de produção agropecuária do Município. A intenção dos chineses é consolidar negócios para importação de grãos, derivados da cana-de-açúcar e proteína animal. Durante três dias de estada eles foram acompanhados pelo secretário de Desenvolvimento do Agronegócio (Sagri), Luiz Carlos Saad.

A vinda da comitiva foi fruto de convite do prefeito Paulo Piau, em sua viagem à China. A oportunidade de negócios – segundo ele – é desdobramento direto do esforço para colocar Uberaba no contexto internacional. Acredita que a viagem institucional à China no ano passado, demonstrou o potencial da cidade para novos investidores.

No ano passado Piau e equipe das Secretarias de Desenvolvimento do Agronegócio, Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação e Meio Ambiente também se reuniram com empresários do setor de agropecuária de Uberaba e região para discutir a expansão do mercado uberabense e oportunidades de negócios entre Brasil e China.

Demanda. O secretário Luiz Carlos Saad destaca que a China tem aproximadamente 1,4 bilhão de habitantes e só produz 30% dos alimentos que consome. “Inicialmente o principal interesse está no álcool, açúcar, grãos, entre eles a soja e o milho, e proteína animal, como frango e a carne bovina. Eles tiveram um panorama geral destas potencialidades de Uberaba e região”, pontua Saad. Entre os locais visitados estiveram usinas, cooperativas, Parque Tecnológico, VLi e Zona de Processamento e Exportação (ZPE), Porto Seco e  área onde será consolidada a Intervales e o Aeroporto Internacional de Cargas e Passageiros, entre outros.

Início. O secretário explica que nas próximas semanas os chineses devem estabelecer novo contato com a Prefeitura, para iniciar ações de fins comerciais. Paralelamente, a Secretaria de Desenvolvimento do Agronegócio já está oferecendo apoio aos produtores e empresas no processo de obtenção de certificados de origem e documentos oficiais necessários para viabilizar negócios relativos a este tipo de exportação.

“Eles estão dispostos a negociar qualquer tipo de alimento. É algo muito interessante para Uberaba e região.Somos referência de produção do agronegócio e temos localização estratégica para a exportação. A missão fará a ponte entre os grupos e empresas da China interessados em comprar os alimentos. Com certeza o desdobramento dessa visita será o início de uma relação muito positiva e duradoura para o desenvolvimento econômico no setor de agronegócio”, avalia Saad.

Fotos: André Santos/PMU

 

 

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.