Uberaba – Termina nesta quinta-feira o licenciamento para vendedores da Feira de domingo no Abadia

Termina nesta quinta-feira (19) o prazo para o licenciamento junto a Secretaria de Agronegócio para a retirada e regularização dos inscritos na Feira da Abadia, na Prudente de Morais, para o próximo domingo (22). De acordo com o titular da Sagri, Luís Carlos Saad são produtores rurais de Uberaba e comerciantes de hortifrutigranjeiros e outros gêneros alimentícios já inscritos antes da pandemia que acabaram não utilizando seus alvarás.

Esses produtores cadastrados para participar do Feirão somente aos domingos, que não atuam nas outras feiras que acontecem durante a semana, precisam entrar em contato com a Sagri pelo 3318-0472 para agendar a retirada da Guia de Arrecadação Municipal – GAM e pagá-la. “No caso daqueles que já retiraram os alvarás antes da pandemia, já tendo pago a licença, e não as utilizaram, não precisam pagar novamente”, alerta a secretária adjunta Sáthia Silva de Almeida.

O chefe do Departamento de Abastecimento do Agronegócio, João Carlos Caroni lembrou que poderão montar suas barracas os produtores rurais, lembra que como a Feira da Abadia precisa manter o espaçamento entre as barracas, cerca de 20 vendedores poderão participar do Feirão, além dos 80 feirantes. A medida atende reivindicação da Associação dos Feirantes de Uberaba, que teve permissão de maior flexibilização por parte  do Comitê Técnico Científico de Enfrentamento da Covid-19.

Ele lembra que as barracas têm que obedecer ao alinhamento central, de forma linear, com distanciamento de três metros entre elas, conforme determinado pelo Comitê. Para tanto, a Feira estará montada entre as ruas Saldanha Marinho e Eduardo Formiga. Também alerta que no domingo o prazo para que essas barracas estejam montadas vence às 6h da manhã, não havendo tolerância quanto a isso.

Além das medidas de uso de máscara, luvas e toucas, os feirantes também deverão estar com o face shield (escudo facial). O diretor lembrou que o consumo de alimentos na feira continua proibido, para evitar aglomerações.

O presidente da Associação dos Feirantes, Cláudio Luiz da Costa espera com otimismo esse aumento de barracas, aumentando potencialmente a oferta de produtos e concorrência, com mais opções de compras.

Cláudio também alerta que com a mudança no formato, todos os feirantes terão que se locomover no interior da feira, deixando o seu local habitual, o que será determinado pelos fiscais. “Importante que todos obedeçam às regras para que todos trabalhem de maneira igual e justa”, concluiu.

Fotos: Reprodução/Divulgação

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.