« Postagens Antigas
Escolha uma Página

A Universidade de Uberaba (Uniube) inaugurou, na última semana, a clínica de odontologia para alunos de pós-graduação. O objetivo é fornecer, nesse espaço, atendimentos especializados que abrangem todas as áreas odontológicas.  Os pacientes interessados podem procurar espontaneamente as dependências da clínica ou serem encaminhados por unidades de saúde.

Serão oferecidos todos os tipos de atendimentos especializados para a comunidade, desde pediatria, até pacientes na geriatria, passando por todas as especialidades, como: endodontia, odontopediatria, cirurgia, ortodontia e implantes. “Nós temos dois momentos: temos o momento da importância para o acadêmico, para os profissionais, que já estão formados, onde eles têm um local em que possam aprimorar os conhecimentos adquiridos, e para a comunidade. À medida que a pós-graduação evolui, que ela se fortalece na Universidade, automaticamente a graduação se fortalece também”, afirma o diretor clínico, Anderson Silva.

Segundo o também diretor clínico, Otávio de Oliveira Filho, a construção da Clínica de pós-graduação é decorrente da grande procura dos profissionais formados pela Uniube e até mesmo egressos de outras instituições. “A Universidade de Uberaba oferece, desde a sua fundação, um corpo docente qualificado e suporte físico de ponta, atributos que lhe conferem tradição no Ensino Superior. Sempre inova para proporcionar ao corpo discente condições para desenvolver o aprendizado que o mercado exige”, destaca.

Os pacientes podem procurar diretamente as dependências da clínica ou serem encaminhados por unidades de saúde. “Além de desenvolver o ensino, as clínicas, tanto de pós-graduação, quanto graduação, proporcionam um atendimento de qualidade e presteza à população. Realizamos esses atendimentos em parceria com a Secretaria de Saúde, pois contamos com o Centro de Especialidades Odontológicas e com o Laboratório de Prótese instalados na Policlínica”, explica Anderson.

Para o coordenador dos cursos de pós-graduação lato sensu da Uniube, professor Eduardo Gouvêa, o espaço é uma grande conquista e um destaque no mercado regional. “O ganho é enorme e é importante que eles tenham contato com esses equipamentos e já se habituarem para o mercado de trabalho, com equipamentos de ponta. Fora o sentimento de ter um ambiente mais moderno para estudo e atendimento, que é resultado e fruto de muito trabalho e muita dedicação da pós-graduação”, pontua.

A prática, segundo o coordenador do curso de graduação em Odontologia, Luís Henrique Borges, credencia o aluno a sair apto para mercado de trabalho e para o bom atendimento.  “É um grande avanço a pós-graduação ter um espaço diferenciado, modernizado e com tecnologias para que os estudantes pudessem trabalhar com aquilo que a odontologia tem de mais moderno.  E a gente conseguiu isso nessa clínica que estamos inaugurando. Nós unimos um espaço de conforto para os alunos, com uma tecnologia atual”.

Na ocasião, o Reitor, Marcelo Palmério, se pronunciou sobre os constantes progressos da tecnologia e dos espaços da Universidade. “Eu acho que nós evoluímos muito e não vamos parar por aqui não. Hoje a odontologia está cada vez mais avançada, a tecnologia ajudando a ciência, e vamos continuar evoluindo também”.

Pós-Uniube

A Uniube conta atualmente com vários programas de pós-graduação Lato Sensu (especializações e MBA’s) e Stricto Sensu (Mestrados e Doutorado), presenciais e a distância. Os cursos Lato Sensu, voltados para o campo da especialização profissional, são indicados para aqueles que já trabalham ou desejam um melhor posicionamento. Possuem duração mínima de 360 horas e, ao final do curso, o aluno recebe um certificado. “Eles são feitos especificamente para os que almejam destaque, seja em sua área atual ou quando buscam novas oportunidades”, conta o Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão (Propepe) da Uniube, professor Dr. André Luís Teixeira Fernandes.

Já o Stricto Sensu compreende programas de mestrado e doutorado abertos a candidatos diplomados em cursos superiores de graduação e que atendam às exigências de cada uma das instituições de ensino que tiveram suas propostas aprovadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). “Nos programas Stricto Sensu, os interessados podem optar por modelos acadêmicos ou profissionais, sendo a escolha dependente do que se deseja para a carreira”, explica André Luís.

Quanto aos cursos voltados para a Odontologia, o professor Eduardo explica que são ofertadas especializações nas principais áreas da profissão. “Mas não estamos satisfeitos, estamos sempre em busca de cursos novos. Agora o próximo que estamos planejando a oferta é o de estética. Visamos sempre trabalhar com outras propostas, uma constante busca por melhoria, isso faz com que posisamos sempre permanecer em destaque e formar excelentes profissionais no mercado”, finaliza.

Fotos: Asscom/Uniube

 

 

 

You have Successfully Subscribed!

Share This