« Postagens Antigas
Escolha uma Página

Informações sobre investigações do Ministério Público de Minas Gerais, referentes às denúncias de irregularidades do concurso da Fundação de Esporte e Lazer (Funel), foram cobradas pelo vereador Alan Carlos da Silva (Patriota). O pedido, apresentado na manhã desta quinta-feira (14), foi encaminhado ao Poder Executivo.

Alan afirmou ter se baseado em matéria veiculada pelo Jornal da Manhã na edição do dia 30 de janeiro deste ano. O parlamentar revelou que foi procurado por candidatos solicitando esclarecimentos. “As pessoas não podem se inscrever em um concurso que não esteja devidamente legitimado. O gabinete fica ‘abarrotado’ de gente pedindo explicações”, afirmou.

Rubério Santos (MDB) contou que o presidente da instituição, Luiz Alberto Medina, teria assegurado a transparência do processo seletivo. Ronaldo Amâncio (PTB) destacou a importância da solicitação. “Isso tem que vir a público, para mostrar que trabalhamos com lisura. E as pessoas têm direito a questionar”, argumentou.

Ao todo, 1.841 candidatos se inscreveram para o concurso. A previsão é de que os exames sejam realizados no dia 24 de fevereiro com homologação do resultado final no dia 27 de abril.

Foto: Rodrigo Garcia/CMU

 

Share This